Mais comentada

Cliente insatisfeito tem “dia de fúria” e quebra produtos em loja

Vídeo publicado no Youtube já tem mais de 80 mil visualizações

Redação, www.administradores.com,

Tudo começou com uma simples compra de materiais de construção. Segundo o cliente, entretanto, a empresa atrasou vários dias a entrega. Insatisfeito, ele resolveu, então, pedir o reembolso e refazer a compra em outra loja. E aí veio a gota d´água: a empresa informou que o dinheiro levaria de 15 a 45 dias úteis para ser reembolsado. O cliente, então, resolveu fazer justiça com as próprias mãos. Na verdade, vingança.

A história acima é o enredo de um vídeo que já tem mais de 80 mil visualizações no Youtube e vem dando o que falar. O material registra o momento em que um professor que se identifica como Rodrigo Ciríaco quebra vários produtos de uma unidade da rede Dicico, em São Paulo, revoltado com o tratamento que diz ter recebido por parte da empresa. No ato de fúria, ele quebra justamente alguns dos objetos que ele disse ter comprado e não recebeu.

Rodrigo diz na descrição do vídeo que procurou a empresa em quatro oportunidades, mas não conseguiu resolver o caso. “Não sou adepto à violência, não acho que as coisas se resolvem desta forma, mas se #COMPRO e #PAGO algo e a empresa não entrega, peço a devolução do dinheiro e a empresa não devolve de imediato, pede prazo de 15 a 45 dias #ÚTEIS, isso para mim é flagrante desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, artigo 35, inciso III e mais: para mim, é apropriação indevida, pra não dizer #ROUBO (sic)”, diz o professor.

Veja o vídeo:


Empresa se posiciona

Em nota enviada ao Administradores.com, a assessoria de imprensa da Dicico disse que não há produto em pendência de entrega com o consumidor, apenas um acordo de ressarcimento no valor de R$ 600, com o qual a loja havia se comprometido. A empresa não informou, no entanto, o prazo estipulado para o ressarcimento. Veja abaixo a íntegra da nota:

Em resposta ao vídeo publicado pelo Sr. Rodrigo Ciríaco, a Dicico informa que não há produto em pendência de entrega com o consumidor. Na verdade, o que havia era um acordo de ressarcimento do valor de R$ 600,00, com o qual a Dicico já tinha se comprometido. No transcorrer do período para o reembolso, a empresa foi surpreendida pela atitude demonstrada no vídeo: o consumidor quebrando produtos com uma marreta na loja. Felizmente, ninguém saiu ferido. A Dicico lamenta profundamente a atitude do consumidor e esclarece que já tomou todas as ações cabíveis junto ao seu departamento jurídico e vai se reservar ao direito de responder em juízo. A Dicico enfatiza seu respeito pelos consumidores e o compromisso com o melhor atendimento e satisfação de todos os seus clientes, princípio que rege as ações da companhia ao longo de 95 anos de história e está no dia a dia de suas 58 lojas.