Mais comentada

4 dicas para criar um ambiente inovador

Sua organização tem dado atenção a esse aspecto?

3M Inovação,
iStock

A inovação não nasce do dia para a noite e não é possível forjá-la na marra, movida pela simples vontade de fazer algo diferente. Como já dissemos aqui mesmo na coluna, é preciso que o tema seja absorvido pela cultura organizacional. E para isso acontecer, entre outras coisas, é fundamental que a companhia invista no desenvolvimento de um ambiente que estimule o processo inovador. 

Mas, afinal, como fazer isso? Com base no livro "O poder da inovação", de Luiz Serafim, Head de marketing da 3M Brasil, elencamos aqui 4 dicas que vão auxiliar você e sua organização nesse desafio: 

Diversidade

Grandes iniciativas até podem surgir da cabeça solitária de mentes geniais. Mas o mundo não é feito só de gênios. Na verdade, esses são espécimes bem raros. Depender somente deles pode ser um tiro no pé. Por isso, é fundamental estimular a trocar de ideias entre quem pensa diferente. Nesse sentido, ao pensar seu ambiente de trabalho pela ótica da inovação, garanta que haja espaços para interação. Como ressalta Luiz Serafim, "as inovações nascem da colisão de ideias, na qual uma porta leva a outra, e conhecimentos acumulam e se reorganizam".

Não é só trabalho

Nas empresas onde o trabalho é sempre realizado dentro de atmosfera rígida e ciclos ininterruptos sem válvulas de escape, a inovação se torna mais escassa. Muitas vezes, aquela grande ideia, o ponto de virada na busca por uma solução que vem sendo maturada há muito tempo, aparece em uma situação totalmente alheia à rotina corporativa. Estimular momentos de descontração em espaços desconectados do operacional é importante para empresas que querem inovar.

Derrube os muros

Quanto menos barreiras você mantiver em sua empresa, mais chances ela terá de ser inovadora. "Organizações muito hierarquizadas, divididas em feudos administrativos, que apostam na postura incontestável dos chefes todo-poderosos, que negam acesso entre as pessoas, especialmente aos líderes de maior nível, bloqueiam a vitalidade de suas redes internas", explica Luiz. 

Enfim: sua empresa pode até manter a hierarquia e salas separadas, desde que o tráfego entre elas seja o mais livre possível, sem burocracia. E se puder derrubar literalmente as paredes, melhor ainda. 

Home office integrado 

Gerir equipes remotas é hoje um dos grandes desafios das organizações. Mas esse é um caminho sem volta. Os profissionais querem mais flexibilidade e as empresas precisam acompanhar esse ritmo se quiserem manter os melhores consigo. Por isso, desenvolver metodologias eficientes que permitam a integração e o diálogo entre colaboradores diversos em home-office é um caminho importante para estimular a inovação. Todos têm experiências distintas e podem contribuir com coisas novas.

Leia mais sobre inovação na nossa coluna.