Mais comentada

Cartão de crédito: se não for possível pagar, é melhor pedir cancelamento

Quando atrasa a conta do cartão de crédito e não há possibilidade de pagamento, o melhor a fazer é pedir o cancelamento do contrato com a operadora. A dica é da Fundação Procon de Vinhedo...

InfoPessoal,
Quando atrasa a conta do cartão de crédito e não há possibilidade de pagamento, o melhor a fazer é pedir o cancelamento do contrato com a operadora. A dica é da Fundação Procon de Vinhedo, ao lembrar que a medida garante a interrupção da incidência de juros, o que deixa o débito menor e torna mais fácil um acordo com a empresa.

"Quando a pessoa paga o valor mínimo, os juros continuam rolando e a operadora não entende que o consumidor esteja em uma situação de inadimplência", explicou Alcides Vendematti, técnico de defesa da entidade. A taxa mensal pelo não-pagamento da fatura fica em uma média aproximada de 10%, podendo chegar a 15%.

Acordo
Conforme Vendematti, o cliente pode procurar uma unidade do Procon para pedir o cancelamento do plástico ou fazer a solicitação diretamente à operadora. "Para isso, basta enviar uma carta com aviso de recebimento à administradora", explicou, afirmando que o aviso de recebimento é importante para que a pessoa tenha um comprovante de seu pedido.

O Procon de Vinhedo atua com a negociação de dívida entre consumidores e credores. Quando o consumidor procura o órgão de defesa para pedir auxílio com o atraso de uma conta, o técnico analisa o contrato e envia uma carta à empresa solicitando um encontro para serem discutidas formas de pagamento.

A companhia tem um prazo de dez dias para se manifestar - de maneira contrária ou favorável. "Não há uma obrigação de fazer acordo", adicionou.

Juros abusivos
O Procon de São Paulo disse não fazer essa intermediação. Por meio de sua assessoria de imprensa, a entidade explicou que analisa o contrato para avaliar se os juros praticados são abusivos, e orienta o consumidor aos próximos passos.

De acordo com a Itaucard, existem 92,4 milhões de cartão de crédito em circulação no País.

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

Tags: cartao credito fundacao juros procon