Mais comentada

Por que o método Scrum é melhor para sua empresa e seus clientes?

O Scrum é uma metodologia de gerenciamento de projetos, baseada no desenvolvimento incremental de software, que beneficia empresas e clientes, basicamente, em três pontos

Eduardo Kruger, www.administradores.com,

Já faz muito tempo que as empresas investem em inovação para poder responder às constantes mudanças do mercado. Estas empresas precisam adaptar processos, de forma mais rápida, e diminuir o time-to-market de produtos, respondendo as necessidades de clientes, e assim, se mantendo competitivas no segmento de atuação. No momento em que os softwares utilizados por elas se tornam a peça chave em processos produtivos e de inovação, é quando diretores e gestores descobrem que o sucesso do negócio depende diretamente da agilidade do departamento de TI.

Nesse contexto, em que organizações precisam replanejar constantemente decisões estratégicas, reduzir custos operacionais, além de adaptar processos e serviços para poder atender clientes cada vez mais exigentes, investir em uma forma de gerenciamento de projetos mais ágil, com o Scrum, pode se tornar um diferencial competitivo fundamental. O Scrum é uma metodologia de gerenciamento de projetos, baseada no desenvolvimento incremental de software, que beneficia empresas e clientes, basicamente, em três pontos principais:

1. Aumento do Retorno Sobre o Investimento (ROI)

O Scrum prioriza a entrega de requisitos de maior valor de negócio, ou que apresentam maior risco estratégico para a empresa. Isso significa que o dono do produto (product owner) sempre manterá uma lista priorizada (Backlog), com todas as funcionalidades que deverão ser implementadas antes pelo time de desenvolvimento. Dessa forma, garantimos que tudo aquilo que for mais importante para o negócio do cliente, será desenvolvido, testado e entregue primeiro. Isso permite agregar mais valor ao negócio, em menos tempo, diminuindo custos de operação e aumentando o retorno sobre o investimento (ROI) destes projetos.

2. Mais Flexibilidade às Mudanças do Mercado

A pesquisa do PMI (Project Management Institute), realizada em 2010, com 300 grandes organizações no Brasil, colocou mudanças de escopo constantes como o segundo problema mais comum na gerência de projetos, sendo citada em mais de 70% das organizações entrevistadas. Não é incomum projetos serem concebidos e encerrados no meio da execução, por inúmeros fatores, como: mudança de mercado, reposição de concorrentes, ou mudanças de expectativas dos clientes finais. O mercado vai mudar sempre. O que faz uma empresa ser competitiva é responder rápido a estas mudanças. O Scrum, como a maioria das metodologias ágeis de desenvolvimento, incentiva o desenvolvimento incremental e entregas parciais do produto que está sendo desenvolvido. Estas entregas (chamadas de sprints), geralmente tem duração de duas a quatro semanas, e contemplam o ciclo completo de desenvolvimento do produto, com as fases de planejamento, design, implementação e testes de aceitação de cada requisito que está sendo desenvolvido. Se o cliente mudar, se o mercado mudar, se o que ontem era tão importante hoje não fazer mais sentido, sem problemas. Podemos mudar nosso planejamento e repriorizar nosso backlog já no próximo sprint.

3. Redução do Time-to-market

Nesta mesma pesquisa, o não cumprimento de prazos é campeão entre os problemas em projetos, citado por mais de 72%, das 300 organizações pesquisadas. A maioria dos projetos é desenvolvido para criação ou melhoria de um produto ou serviço, que atende alguma necessidade identificada no mercado. Isso significa que esta necessidade de mercado tem data de validade, que geralmente é curta, pois pode se modificar, ou deixar de existir rapidamente, em questão de semanas ou dias, dependendo do segmento de negócio do cliente. Como o Scrum promove a entrega de funcionalidades completas a cada sprint, o produto vai sendo construído e entregue à medida que o projeto avança, e novas funcionalidades vão sendo disponibilizadas no mercado. Esta característica do Scrum permite que produtos sejam lançados e validados no mercado muito rapidamente, reduzindo drasticamente o time-to-market de produtos, e atendendo prazos de forma mais eficaz. Estes fatores fazem com que o Scrum já seja aplicado por empresas de diversos segmentos no Brasil, além de ser visto com bons olhos por grande parte dos de gestores, líderes e gerentes de projeto da área de TI.

Prontos para uma metodologia ágil?

Eduardo Kruger - Sócio da Informant, empresa especializada na prestação de serviços terceirizados em Pesquisa e Desenvolvimento de Software. Formado em Ciências da Computação e MBA em Gestão Empresarial pela FGV (Fundação Getúli Vargas), trabalha com tecnologia, desenvolvimento de software e inovação para web, desde 2000. 



Tags: clientes metodologia Scrum

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração