Saiba quanto ganha, em média, um estagiário no Brasil

Os valores variam entre R$ 488,00 e R$ 961,90 para alunos do ensino médio, técnico e superior

Pollyanna Melo com assessoria, www.administradores.com.br,
Após seis meses da publicação da nova Lei do Estágio, nº 11.788/08, o Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) realizou a pesquisa "Valores pagos aos estagiários do Brasil". O estudo foi feito na primeira quinzena de abril e revela a média de bolsa-auxílio oferecida por empresas de pequeno, médio e grande porte. O levantamento foi feito com 12.140 estagiários de diferentes níveis em todo o país. Todos os participantes foram contratados a partir de 26 de setembro de 2008, ou já tiveram seus contratos adaptados, segundo as regras da nova legislação.

A média geral paga por um estagiário brasileiro é de R$ 705,96. Já para o Ensino Médio, R$ 421,00; para Médio Técnico, R$ 467,16; para Superior, R$ 805,84 e para Superior Tecnólogo, R$ 707,07. "A diferença no valor das bolsas é pequena em relação à pesquisa realizada há um ano e reflete a diminuição da jornada diária com a dinâmica do mercado. As empresas entenderam os benefícios na contratação de jovens e continuam investindo em talentos para moldá-los conforme o perfil da organização" afirma Carlos Henrique Mencaci, presidente do Nube. Segundo a legislação em vigor, os estagiários devem cumprir carga horária máxima de 6 horas diárias, têm direito à bolsa-auxílio, auxílio-transporte, recesso remunerado e podem ficar no máximo dois anos estagiando na mesma organização.

O impacto da nova legislação e da crise econômica diminuiu o número de estagiários no Brasil. Levantamento da Associação Brasileira de Estágios (Abres) mostra que o país tem 900 mil estagiários, sendo 650 mil no nível superior e 250 mil no nível médio, para um total de 13,1 milhões de estudantes. "Por conta da oferta de alunos ser maior em algumas áreas, as bolsas acabam diminuindo", explica Mencaci.

Conheça os dez cursos com as melhores bolsas-auxílio no Brasil, separados por níveis:

Nível Médio Técnico:

1) Edificações: R$ 631,00
2) Técnico em Química: R$ 590,00
3) Técnico em Segurança do Trabalho: R$ 568,00
4) Mecânica: R$ 566,00
5) Mecatrônica: R$ 558,00
6) Técnico em Informática: R$ 538,00
7) Secretariado: R$ 518,00
8) Eletrônica: R$ 509,00
9) Contabilidade: R$ 503,00
10) Telecomunicações: R$ 488,00


Nível Superior:

1) Engenharia: R$ 961,90
2) Arquitetura e Urbanismo: R$ 958,00
3) Economia: R$ 889,25
4) Direito: R$ 862,00
5) Química: R$ 861,55
6) Psicologia: R$ 860,00
7) Relações Internacionais: R$ 856,86
8) Comunicação Social - Relações Públicas: R$ 855,00
9) Ciência da Computação: R$ 838,09
10) Ciências Contábeis: R$ 804,28


Nível Superior Tecnológico:

1) Tecnologia Mecânica - Processos de Produção: R$ 860,00
2) Tecnologia em Redes de Computadores: R$ 852,00
3) Informática - Gestão de Negócios: R$ 823,00
4) Tec. em Análise e Desenv. de Sistemas: R$ 801,00
5) Tec. em Gestão em Logística Empresarial: R$ 775,00
6) Tecnologia em Marketing: R$ 766,00
7) Tecnólogo em Logística: R$ 755,00
8) Tec. em Gestão Financeira: R$ 686,00
9) Gestão de Recursos Humanos: R$ 655,00
10) Gestão de Marketing: R$ 627,00

O estudo também aponta que a maior parte dos estagiários se concentra entre a faixa de 19 e 23 anos, com 52% de representatividade. A média geral da bolsa-auxílio para esse grupo é de R$ 600,38. A pesquisa considerou, ainda, o sexo, apontando os homens como maioria (56,77% do total), com uma média de R$ 831,00, enquanto as mulheres recebem R$ 759,00.

Porém, independentemente de idade ou sexo, o mercado de trabalho busca candidatos capacitados e que façam a diferença no ambiente corporativo. Por isso, o estágio é o passo fundamental para aumentar os conhecimentos e constituir uma carreira de sucesso. "Estagiar me possibilitou conquistar crescimento profissional e financeiro. Com o valor da bolsa-auxílio pago minha faculdade e sem essa contribuição seria difícil dar continuidade aos meus estudos", diz Amanda Tieme Takada, estagiária da Total IP Telecomunicações.

"Conquistará a melhor remuneração o candidato que tornar-se um multiespecialista, mantiver níveis de desempenho acima da média e apresentar contribuições diferenciadas e que agreguem valor à empresa como um todo", explica Anessa Trassi, analista de treinamento do Centro de Desenvolvimento Profissional (Cedep).

É importante lembrar que os valores acima são uma média nacional, logo há estágios que pagam bolsa-auxílio maior ou menor.

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

Tags: estagiario salario