Mais comentada

Vender conteúdo por meio de vídeos online pode aumentar sua receita na Black Friday

Mesmo em um ano com altos e baixos na economia e escândalos políticos a todo momento, a expectativa para o comércio varejista é positiva

Gustavo Caetano, Administradores.com,
iStock

Uma das datas mais importantes para o varejo brasileiro se aproxima e para garantir sucesso de vendas, os lojistas devem preparar não só suas mercadorias e seus descontos, mas também ações diferenciadas para atrair mais público. De acordo com o E-Bit, empresa voltada para o comércio eletrônico, a estimativa é que a data sazonal movimente R$2,1 bilhões, o que representa alta de 15% na comparação com o mesmo período em 2016.

Mesmo em um ano com altos e baixos na economia e escândalos políticos a todo momento, a expectativa para o comércio varejista é positiva. Por isso, os lojistas têm buscado alternativas e novas ferramentas para conseguir se destacar diante de milhares de empresas e ofertas. Uma das estratégias é apostar em conteúdo por meio dos vídeos, segmento que vêm ganhando cada vez mais espaço dentro do mundo digital e investir neles pode ser uma ótima forma de ampliar suas vendas, fidelizar seu público, comunicar-se com colaboradores e clientes de uma forma mais clara, rápida, eficaz e ainda continuar faturando.

Por que eu disse apostar em conteúdos por meio dessa ferramenta? Nos dias de hoje, a grande maioria da população está preocupada em assistir ou ler aquilo que realmente interessa. É aí que as empresas podem preencher uma grande lacuna e aproveitar para impactar mais clientes – apostar em conteúdo rico sobre determinado produto ou serviço. Em outras palavras, se você tem um e-commerce de chocolate, por exemplo, porque não apostar em conteúdos sobre harmonização, combinação de diferentes tipos, receitas de doces, entre outros? Dessa forma, amantes do produto irão se sentir privilegiados em ver que uma determinada loja, além de vender os produtos que eles gostam, também se preocupou em oferecer uma experiência diferente proporcionando conteúdo e informação relevante.

Pode parecer besteira, mas na prática faz toda a diferença. Os hábitos dos consumidores estão mais avançados e hoje em dia quando encontram um produto que chame atenção por algum comercial, antes de comprar, eles procuram mais informações sobre o mesmo, como por exemplo, sites, preços, vídeos de demonstração e recomendações. Está aí um gap para você se aprofundar e alavancar seu negócio.

Para se ter uma ideia, recentemente li uma pesquisa que apontava que apenas o uso da palavra “vídeos” no assunto de um e-mail, poderia aumentar em até 19% a taxa de abertura e 65% a taxa de cliques. Além disso, a mesma pesquisa afirmava que 64% dos consumidores está mais propenso a comprar um produto depois de ter visto algum vídeo relacionado a ele, seja de demonstração, de tutorial e análise, ou até mesmo de recomendação de outro usuário.

Para finalizar, podemos dizer que por meio dos vídeos, a probabilidade de engajar o espectador com seu produto ou sua marca é muito maior. Por isso, acredito que apostar nessa estratégia é essencial para quem deseja gerar uma mensagem personalizada, engajadora, capaz de gerar receita e resultados duradouros. Pense nisso!

Gustavo Caetano — CEO da Samba Tech, eleita pela FastCompany como uma das companhias mais inovadoras da América Latina, a Samba Tech ajuda pessoas e empresas a se comunicarem melhor por meio dos vídeos. Suas soluções facilitam a venda de conteúdos na internet, oferecendo um site personalizado, livre de preocupações com gastos em programação, design, questões jurídicas e com gestão de pagamento. A Samba cuida do processo de ponta a ponta, desde o momento em que o vídeo sai da câmera até ser distribuído para qualquer dispositivo conectado à internet.




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração