Mais comentada

Arrogância ou desabafo? Estudante dá lição de moral em professora e vídeo viraliza

Oscilando entre a razão e a empáfia, Bliss acabou revelando - com a atitude, não com as palavras - que a Educação precisa sair do lugar. E rápido

Eber Freitas e Agatha Justino, Administradores.com,
Reprodução

A educação atualmente está passando por uma profunda mudança de padrões, isso é um fato acima de qualquer dúvida. O que antes consistia em transmitir conhecimento de maneira fragmentada e positivista - a velha divisão de aulas em 50 minutos, com as cadeiras em formação militar - gradativamente está evoluindo para o estímulo e a problematização do cotidiano junto aos alunos.

Mas essa evolução está provocando, em alguns casos, polêmicas ácidas. Nesta semana, Jeff Bliss, um estudante norte-americano de 18 anos se levantou durante a aula e, em vez de ameaçar ou agredir a professora, passou um sermão daqueles. "Eu vou te dizer o que precisa ser feito. Você quer que os jovens venham para a sua aula e fiquem empolgados? Você tem que vir aqui e empolgá-los. Você quer que um jovem mude e comece a dar o seu melhor? Você tem que tocar o seu coração", discursou, enquanto um de seus colegas gravou a cena - que ganhou a internet em poucas horas.

Enquanto ele falava, a professora calma e repetidamente solicitava que ele se retirasse. "Você tem que levar esse trabalho a sério", disse Bliss, que é filho de uma professora. "Este é o futuro desta nação. E quando você vem aqui, como da última vez, falando 'oh, esta é a minha folha de pagamento', de fato é. Mas esse é o futuro do meu país, e minha educação", desabafou. O fato ocorreu na Duncanville High School, no Texas.

Confira abaixo o vídeo legendado em português

Com a repercussão que o caso tomou, Bliss deu entrevistas a telejornais, e garantiu que não voltaria uma palavra atrás no que disse na ocasião. Oscilando entre a razão e a arrogância, Bliss acabou revelando - com a atitude, não com as palavras - que a Educação precisa sair do lugar. E rápido.

Representantes da escola preferiram não comentar o assunto com a imprensa.

Rixas entre alunos e professores têm se tornado comuns, inclusive no Brasil. Ou isso ou a presença de smartphones durante as aulas tem levado os alunos a captarem os momentos de discussões mais acaloradas. No final de fevereiro, foi divulgado um vídeo onde uma professora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) - conhecida por suas explosões emocionais - humilhou uma aluna em plena sala de aula, utilizando seus títulos acadêmicos como instrumento de opressão.

Na sua opinião, o que tem motivado alunos e professores a transformarem as salas de aula em campos de batalha? Se a educação precisa de uma reforma urgente, o que deve ser feito e por onde começar? Confira os vídeos acima e deixe sua opinião nos comentários.

Com informações do Mashable