Facebook diminui alcance das páginas para 1%

Eventualmente, chegará um momento onde só as marcas que possuem verbas para promover seu conteúdo terão espaço na rede social

Redação, Administradores.com,
Thinkstock

Há quase dois anos, o alcance orgânico das páginas do Facebook era de 16%. De lá para cá, esse número caiu drasticamente, e a tendência é diminuir ainda mais.

Segundo a Valleywag, uma fonte profissionalmente familiar com as estratégias de marketing do Facebook, que prefere se manter anônima, a rede social diminuirá esse alcance para 1% ou 2%.

Uma publicação de marcas como a Nike, cuja página possui mais de 16 milhões de curtidas, atingirá cerca de 160 mil fãs. O número pode parecer alto, mas se considerarmos uma empresa de pequeno ou de médio porte, com uma quantidade de curtidas por volta dos 3 mil, apenas 30 pessoas receberão suas atualizações.

A rede social está informando seus "clientes" um a um, a fim de evitar pânico. "Ao longo dos últimos meses, temos conversado com os clientes sobre diminuir a distribuição orgânica no Feed de Notícias. Isto se deve, principalmente, a uma maior concorrência impulsionada por um maior compartilhamento", informou um porta-voz do Facebook à CNET.

Eventualmente, chegará um momento onde só as marcas que possuem verbas para promover seu conteúdo terão espaço no site de Zuckerberg. Entretanto, devemos ter em mente que o Facebook, antes de tudo, é uma empresa e precisa de dinheiro para manter-se e evoluir. 

Com informações do Adweek