Mais comentada

Fraudes na internet podem aumentar até 11% em 2015

Estudo revela que invasão a aparelhos com acesso à internet deve superar o ano anterior

Redação, www.administradores.com,

Atualmente, as novas tecnologias estão aliadas ao cotidiano das pessoas. Através de aparelhos conectados à internet é possível realizar diversas ações, entre elas, serviços bancários e compras.

O consumidor que utilizar o seu dispositivo para adquirir produtos ou acessar a sua conta bancária deve ter cuidado. Segundo estudo feito pela ClearSale, empresa especializada em soluções de prevenções à fraude, as tentativas de golpes via aparelho móvel devem chegar a 18% neste ano. Em 2014, o número foi bem menor, cerca de 7%. Comparando os períodos, o crescimento pode atingir 11%.

O especialista em e-commerce e CEO da Rebellion Digital, Fernando Mansano alerta que o usuário deve se precaver. “Primeiramente, nunca clique em links ou baixe arquivos de e-mails desconhecidos. Estes, normalmente, chegam com conteúdos dizendo que o internauta ganhou algo ou aproveita o nome de alguma instituição conhecida pedindo para validar informações pessoais”, sinaliza.

Ainda segundo o consultor, os internautas devem comprar sempre em sites confiáveis. Pesquisar sobre a página em endereços eletrônicos como o Google, Reclame Aqui, E-bit, Procon, entre outros. É importante verificar se a empresa realmente existe e o que dizem sobre ela. Na dúvida, não compre. É preferível usar formas de pagamento que asseguram a compra ou devolvam o dinheiro caso o produto não seja entregue dentro do prazo.

“Evite adquirir mercadorias, entrar no site de bancos ou digitar dados sigilosos quando estiver em computadores públicos ou compartilhados, pois pode ser que o aparelho já esteja contaminado com aplicativos maliciosos que roubam seus dados para a prática de fraudes online. Não se esqueça, os antivírus devem estar sempre instalados”, explica Mansano.

As fraudes pela internet não ocorrem necessariamente por meio de invasão a dispositivos, mas podem ser efetuadas por sites fraudulentos, e-mails falsos e também com o roubo de informações de outras fontes as quais o titular da conta não autorizou a operação.

Se você caiu em um golpe e não sabe o que fazer. Siga as dicas:

1- Se você utilizou cartão de crédito ou débito no aparelho, providencie o cancelamento imediatamente;
2 - Registre um boletim de ocorrência pois o invasor poderá estar com todos os seus dados pessoais e utilizar as informações para fazer cadastros falsos em seu nome;
3 - Caso não tenha algum sistema de segurança instalado, como por exemplo, antivírus, instale e faça uma varredura completa no dispositivo;
4 - Troque todas as senhas utilizadas no computador, até a do internet banking




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração