Pesquisadores revelam descobertas que podem salvar passageiros em acidentes aéreos

Para amenizar os impactos causados em colisões de aeronaves, o grupo de cientistas liderado por Alexander Balan apresentou o SIAAB1 2013 e o SIAAB2

Redação, Administradores.com,
Thinkstock

Cientistas de Moldávia, país localizado na Europa Ocidental, preocupados com desastres aéreos, anunciaram duas descobertas que podem, futuramente, salvar a vida de inúmeras pessoas.

A motivação que instigou os pesquisadores foi a ineficiência dos métodos de segurança adotados em casos de acidentes aéreos. Para amenizar os impactos causados em colisões de aeronaves, o grupo liderado por Alexander Balan revelou o SIAAB1 2013 e o SIAAB2.

A primeira trata-se de uma substância química capaz de transformar o combustível em uma espécie de areia para evitar a explosão do querosene quando o avião se chocar com outro corpo. A segunda consiste em uma cápsula que, sete segundos antes da colisão, libera um líquido que preenche o interior do avião com uma espuma solidificada, impedindo os passageiros de sofrerem golpes fatais. Após trinta segundos, a SIAAB2 volta para o estado líquido.

De acordo com o site do History, ambas medidas foram aprovadas e devem entrar em fase de testes até o final deste ano, na Califórnia. Se as substâncias forem mesmo eficazes, poderão ser incorporadas no sistema de segurança de voos comerciais em todo o planeta.

Confira abaixo como funcionam as tecnologias.