Artigo / Administração da Informação

Dos dados ao conhecimento: o papel da subjetividade para a gestão do conhecimento das pessoas

As organizações evoluíram, mas apenas na década de 1980 que as pessoas nas organizações passaram a ter sua capacidade cognitiva considerada de maneira veemente

As organizações evoluíram, mas apenas na década de 1980 que as pessoas nas organizações passaram a ter sua capacidade cognitiva considerada de maneira veemente. Este estudo objetiva realizar uma vasta revisão bibliográfica capaz de trazer esclarecimentos quanto a importantes distinções entre: dados, informações e conhecimento, do ponto de vista da gestão do conhecimento organizacional a partir da subjetividade do indivíduo. Para nortear os estudos, foram pesquisados artigos de referência junto à temática na base Google Acadêmico e livros seminais. Concluímos que o conhecimento armazenado em função da subjetividade das pessoas, atualmente, é a principal fonte de poder das organizações.

Faça o download agora

Tags: Gestão do Conhecimento Organizações Subjetividade