Artigo / Estratégia em Organizações

Estratégias operacionais em redes de fast food

O estudo tem por objetivo analisar as estratégias operacionais propostas pela Teoria de Slack em pequenas empresas de fast-food a fim de criar vantagens competitivas que minimizam os impactos causados pela interiorização das grandes redes/marcas do setor

O estudo tem por objetivo analisar as estratégias operacionais propostas pela Teoria de Slack em pequenas empresas de fast-food a fim de criar vantagens competitivas que minimizam os impactos causados pela interiorização das grandes redes/marcas do setor. Os resultados da pesquisa descritiva e exploratória por meio da pesquisa de campo indicam que o consumidor está cada vez mais exigente. Entretanto, deve-se analisar o conjunto de fatores que envolvem a decisão de compra do cliente para estruturar o posicionamento da empresa. Na observação da concorrência percebe-se que há um grande apelo dos consumidores por marcas globalizadas. Estas grandes redes são caracterizadas operacionalmente por rapidez, porém adotam ações estratégicas de custos para dar suporte à estratégia central, resultando em maior velocidade nas operações. Pode-se perceber a necessidade de reestruturar a estratégia operacional adaptando-se a fase do ciclo de vida do produto a fim de atender as novas exigências do mercado.

Faça o download agora

Tags: Administração estratégia operacional

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração