Organização, Sistemas e Métodos

LUIS CESAR G. DE ARAUJO - Organização & Métodos
Organização e Métodos, durante muitos anos, esteve restrita a um uso limitado relativamente a seu verdadeiro potencial. Confundida com uma análise objetiva e pragmática da realidade organizacional, essa tradicional estratégia de investigação, de conhecimento comum dos profissionais de gestão, dispensou o envolvimento com abordagens que destacassem outros fatores igualmente importantes para o fenômeno administrativo, que não a natureza das rotinas ou estruturas. Isso até contribuiu para certo desinteresse pelo assunto, dadas suas características extremamente racionais, ainda que válidas e apropriadas para as empresas. Embora a racionalização do trabalho, objetivo maior de O&M, tenha incorporado o elemento sistêmico, compreendendo-o como parte indissociável do estudo e diagnóstico organizacional, o que, por conseqüência, lhe valeu uma reformulação de nomenclatura, ou seja, OSM (Organização, Sistemas e Métodos), ainda estamos aquém da integração necessária entre esta e outras modernas ferramentas gerenciais. Por isso, esta obra revê a função O&M, agora modernamente denominada de OSM, com o intuito de aproximá-la de outras formas de análise e modelagem organizacional, como reengenharia, empowerment, benchmarking, gestão pela qualidade total, cujas contribuições não podem ser ignoradas pelo gerente, não importando sua área de trabalho. Sabe-se que o gerente, de qualquer área, passou a incorporar as ferramentas de gestão organizacional em seu quadro de atribuições. O profissional de OSM tende a desaparecer pelo falo de suas atribuições típicas estarem sendo desempenhadas pelo corpo gerencial das empresas em face das exigências de um mundo moderno, competitivo, contingencial, turbulento e de contínuas quebras de paradigmas.

COMPRAR
Tags: metodos organizacao osm sistemas

Shopping