Renata Klingelfus Andraus

São Paulo / SP
  • Cotidiano -
    O nosso dia a dia, as relações e a forma como agimos e reagimos aos nossos combinados
  • Cotidiano -
    Qual a sua história? O que vocês consideram superação? Pretendem superar algo em breve?
  • Carreira -
    Você já conhece o seu propósito? Consegue incorporar e realizar este propósito no seu dia a dia?
  • Cotidiano -
    Sobre lidarmos com a nossa mente e superarmos medos e crenças limitantes.
  • Cotidiano -
    Um sorriso pode mudar o dia de alguém que não acordou tão bem disposto. E mesmo que esta pessoa não retribua diretamente, a energia de qualquer ação positiva voltará de outra maneira. Segurar a porta do elevador para o vizinho que está chegando no prédio. Você segura ou corre?
  • Cotidiano -
    A maioria de nós tem a ideia de que a felicidade virá com o emprego, ou com o namoro, ou com o casamento, depois com filhos, o carro novo, a promoção, o poder. E, o tempo vai passando e a felicidade nunca chega. Isso porque, ela não está nesta nossa busca desenfreada, nem no vizinho, ou no bem material mais caro que você deseja adquirir.
  • Cotidiano -
    Ainda dá tempo, de começarmos qualquer transformação e quem sabe concluirmos ainda este ano. Podemos fazer com que o ano de 2017, seja de continuidade e não de inicio, de mais conquistas e não de todas as conquistas que acreditarmos ter deixado passar.
  • Cotidiano -
    Se a bola está conosco, então só precisamos nos apresentar para entrar em campo e jogar. Por menos: vamos marcar alguma coisa... eu te ligo ... um café qualquer hora ...estou com saudades ... como vai a vida? ... precisamos nos ver ... nossa, faz tanto tempo!
  • Cotidiano -
    Seres humanos que estão se dão conta que enquanto estavam assim meio robóticos, no piloto automático, no celular, talvez seguindo a voz de outro alguém que não a sua própria voz, o tempo foi passando. E no meio de tantas atividades e compromissos, sobra tempo para viver e sentir?
  • Cotidiano -
    Nada escapa aos olhos dos outros. Ou na verdade, tudo escapa. O essencial passa completamente despercebido para quem só olha a casca, mas não vê o recheio. É como se fossemos todos iguais ao chocolate kinder ovo, mas todo mundo abrisse mão da surpresa que vem dentro. E a graça e a sacada de marketing do kinder estão justamente na surpresa.
1-10 de 55