Ricardo Raia S. de Almeida

São Paulo / SP
  • Tecnologia -
    Após o último artigo sobre a baixa qualidade na prestação de serviços, recebi vários questionamentos no sentido de como atingir a qualidade desejada, ou o “estado da arte”.
  • Negócios -
    Há tempos tenho me perguntado de quem é, afinal, a culpa na baixa qualidade dos serviços: dos funcionários, que não são aptos ao cargo que ocupam, ou das empresas que não investem em qualificação e não selecionam adequadamente?
  • Cotidiano -
    O ambiente corporativo se torna cada dia mais complexo, uma vez que vários fatores estão impulsionando uma reestruturação, tais como: a tecnologia da informação, globalização, fatores sociais e econômicos
  • Tecnologia -
    Logo após as feiras ISC e EXPOSEC, uma enxurrada de novidades tecnológicas invade as cabeças dos gestores das empresas de segurança eletrônica e também dos gestores de segurança em geral
  • Negócios -
    É de conhecimento público o franco crescimento do mercado de segurança eletrônica o que tem atraído inúmeros novos empreendedores para esta fatia do mercado. Porém, a falta de uma legislação reguladora tem, também, facilitado a atuação de empresas sem nenhum conhecimento técnico ou pior, inescrupulosas.
  • Negócios -
    O gestor de segurança não pode, e não deve, se limitar aos conhecimentos adquiridos na graduação e sim buscar seu aperfeiçoamento .
  • Marketing -
    Muito se tem comentado, entre as empresas que efetuam transações internacionais, sobre o Business Security e muitas dúvidas e mitos têm surgido a respeito do assunto. O presente artigo visa esclarecer: afinal, o que significa Business Security ( empresa Segura)?
  • Negócios -
    O que devemos levar em conta ao se contratar uma empresa de segurança eletrônica?
  • Negócios -
    O presente texto não tem a pretensão de ser um artigo, nem tão pouco representar uma verdade absoluta, mas sim a intenção de trazer à tona uma reflexão.
1-9 de 9

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração