Como emitir Nota Fiscal pode ajudar o seu e-commerce

O bom empreendedor é aquele que se preocupa com todas as áreas do seu negócio. E o simples fato de emitir uma nota fiscal pode fazer toda a diferença na sua empresa...

A nossa ideia não é de dar um de contador aqui.

Muito menos de dizer o que é certo ou o que é errado a se fazer.

O nosso objetivo é de te mostrar como a emissão de notas fiscais podem te ajudar a construir um negócio escalável e de sucesso.

Porque por mais simples que isso pareça, acredite: a nota fiscal é um item que vai te auxiliar no controle do seu orçamento empresarial.

E você já deve imaginar o porquê!

Porque toda empresa de marketing digital, todo e-commerce, toda loja virtual, todo mundo que vende algo deve (ou deveria) fazer a análise de resultados.

A análise de resultados nada mais é do que o famoso ROI – Retorno sobre Investimentos.

E é nesse ponto que a emissão de nota fiscal se torna algo relevante.

Você já entendeu que nosso foco é mostrar como a NF é importante para te mostrar resultados, né?

Então, nem vamos ficar aqui falando sobre a obrigatoriedade fiscal e jurídica disso, está bem?

Só que uma notícia atual não faz mal para ninguém...

Os Correios começaram a emitir nota

A questão da informação é importante para todo empresário.

Então, lembre-se que os Correios começaram a emitir nota fiscal também.

E isso aconteceu no começo desse ano.

A partir de uma circular onde eles informavam que a partir do dia 2 de janeiro de 2018 todas as encomendas precisariam ser postadas com nota fiscal.

Essa diretriz de nota fiscal, portanto, é uma coisa levada a séria.

Para você ter uma ideia uma alternativa que o Correio permite é o envio de um formulário de declaração de conteúdo.

Onde você pode declarar que está enviando algo com algum valor.

E dá até para fazer um seguro disso, se você quiser.

Bom, o fato é que a emissão de nota fiscal é importante também para a declaração de conteúdo porque tudo que a gente envia deve estar declarado.

O MEI também emite nota fiscal

Agora vamos a outra notícia que também é importante de você saber para entender melhor todo esse contexto de nota fiscal para e-commerce.

Os microempreendedores individuais (MEIs) também podem e devem emitir notas fiscais como está declarado em lei.

E o seu cliente vai te valorizar mais.

O que você viu acima foram notícias.

Agora, vamos ver como emitir notas pode afetar positivamente a sua empresa virtual.

Primeiro, vamos considerar uma loja física, seja de bens ou serviços.

Se você tem uma padaria, um lojão do R$ 1 real ou qualquer estabelecimento comercial, vai precisar emitir notas.

E isso tem nomes como cupom fiscal, sendo que a ideia é a mesma.

Isso já é não novidade a muito tempo.

Agora, ainda que você ache que isso não vai mudar nada no seu orçamento jurídico, considere a experiência do seu cliente.

• Ele vai te ver com bons olhos se não receber o documento fiscal?

• Será que você gostaria de receber a mercadoria sem nota?

Então, a gente tem que pensar no outro lado também.

Isso é importante para o seu crescimento.

E para ter um negócio escalável.

É difícil emitir nota fiscal?

Hoje em dia é bem simples emitir nota fiscal.

E isso vale também para os MEIs.

Mesmo porque ao emitir você estará dentro da lei e vai dá para saber quanto está pagando de imposto e tributo e isso gera uma melhor análise no final de cada período.

Apenas para você entender melhor isso, saiba que o MEI paga uma taxa mensal de imposto e geralmente os impostos vêm destinados em cada nota fiscal que é emitida.

O que facilita demais o controle do pagamento dos impostos.

E isso é muito essencial para ter um e-commerce de sucesso!

Porque tem quem pague muito imposto e não sabe disso e não valoriza isso...

E no fim acaba achando que está ganhando dinheiro, só que não!

O melhor é que ainda que dê trabalho, não é algo totalmente fora de série.

É um trabalho simples que até você mesmo pode fazer sem ter que contratar um novo funcionário – dependendo do tamanho da sua empresa.

Segurança no envio/recebimento de produtos

Outro diferencial que é um ponto positivo de emitir notas no e-commerce é a segurança no envio e no recebimento de produtos.

Se você emite nota, tem segurança no que vem e no que vai da sua loja.

É uma forma de manter-se seguro com as suas encomendas.

E isso facilita até mesmo na hora de seguir o cronograma.

Na real, você nunca vai ter problemas e nunca vai ser pego de surpresa por essas novidades aí... De impostos, Receita Federal, etc.

Primeiro, você viu que essa novidade dos correios foi simplesmente uma questão política de boa vizinhança.

Porque eles avisarem isso porque eles sabiam que até então não exigiam esse documento, sendo apenas na teoria e nas aspas.

Eles faziam vista grossa.

Agora isso não está acontecendo mais – e os Correios não fazem mais vistas grossas! 

Portanto, a melhor recomendação sobre estar atuando corretamente no seu e-commerce é sim a de legalizar os processos.

E isso se começa com a emissão de nota fiscal.

Ah, acha que isso não faz diferença para as suas vendas?

Tente fazer uma pesquisa com seus clientes e veja como eles se sentem frente aos produtos com notas e aqueles sem notas...

Você pode se surpreender!

É possível lucrar mesmo com impostos

Por fim, uma última coisa que queremos falar é que é possível vencer no e-commerce, isto é ter lucros, mesmo pagando impostos.

Porque ao emitir notas fiscais você paga impostos, certo?

E aí, tudo bem, ainda que isso seja muito ruim no Brasil e com valores muito altos, você vai estar seguro dentro da lei, o que é essencial para se ter um negócio escalável.

Afinal, você sabe o que é um negócio escalável, não sabe?

É uma empresa que independente do tamanho, do segmento e da forma de vender tem projeção para estar sempre crescente, sempre avante!

Se você quer continuar aprendendo mais sobre alguns segredos para vender produtos, serviços, nas lojas físicas ou virtuais, continue acessando a página!

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)