Mais comentada

Nessa MUVUCA precisamos do RH 4.0?

Primeiro artigo do ano já chegou causando. O famoso RH 4.0. O que é isso? Onde ficam? Como se produzem? E porque o profissional do futuro desafia tanto esse novo RH? Se você pensa que isso é coisa apenas de RH, posso lhe dizer que esse tema é para todas as pessoas que querem ter (ou manter) sua empregabilidade diante de um mercado tão competitivo. Usar também como estratégia de negócio para crescimento frente a concorrência de mercado.

Que a tecnologia anda a passos largos ninguém mais tem dúvidas, software, plataformas melhoram processos e por consequência os produtos.

Tantos termos e tecnologias envolvidas que mais parecem uma sopa de letrinhas para a grande maioria das pessoas, como IoT (internet das coisas), IA (inteligência artificial), Big Date, Drone, criptomoedas (Bitcoin), Blockchain, V.U.C.A, chat bot, algoritmos, Chip, Realidade Aumentada.

Tudo isso é insumo para os aficionados por tecnologia e principalmente para as pessoas de TI (tecnologia da informação), onde o sorriso vai de orelha a orelha.

A internet mudou a forma de como as pessoas se comunicam. Vivemos na era das conexões. Não existe mais diferença entre o “mundo real” e o virtual.

Ouvimos falar do mundo VUCA, certo? E agora vivemos nessa MUVUCA?

“M (Meaningful) - Significado: Tudo o que fazemos precisa ter sentido, propósito, significado.

U (Universal) - Universal: Sempre precisamos analisar o impacto de nossas decisões. O que se faz aqui pode repercutir muito além.

V (Volatile) - Volátil: Tudo muda rapidamente, precisamos reagir rápido.

U (uncertainty) - Incerteza: A única certeza que temos é que não temos certeza de nada.

C (Complex) – Complexo: As soluções dos problemas são mais complexas, as realidades são difíceis de interpretar.

A (Ambiguous) – Ambíguo: O que é bom hoje pode não ser amanhã.” (Site Nexialistas)

As empresas que utilizam estratégias de mercado para crescer, expandir fronteiras e principalmente atrair ótimos profissionais, precisam ter um RH 4.0. Este que também vai ajudar a encontrar profissionais que estejam alinhados com a missão e valores da empresa.

Em linhas gerais o RH 4.0 deixa as ações antes manuais para serem automatizadas. O que reduz erros, aumenta produtividade e reduz custos. Com isso torna a empresa mais competitiva e a frente de seus concorrentes.

Assim o RH pode focar suas atividades em questões estratégicas, melhorar clima organizacional, por exemplo.

A tecnologia veio para quebrar paradigmas, a forma como vemos e lidamos com ações diárias e interações.

Já imaginou seu CV ser analisado por inteligência artificial? Ou quando for validar seu atestado para abonar a falta o Dr. “Robotic” te escaneia, valida o CID do atestado e ainda faz cruzamento de dados com os demais atestados, para emitir um relatório de uma possível doença ocupacional em fração de minutos?

Parece filme de ficção cientifica? É meu caro, seja bem-vindo ao mundo da tecnologia e inovação.

Com isso vemos uma tendência de mercado e a pergunta que não quer calar, o RH está preparado para um novo perfil de funcionário?

O que esse novo profissional busca?

A forma de aprender mudou! Agora ela é individual, inteligente e mobile. Com isso temos os exemplos de: Microlearning, soluções em vídeo, Plataformas digitais.

O novo perfil profissional é mais exigente, avalia o clima organizacional, flexibilidade de horários, possibilidade de home office, carreira, reconhecimento profissional, espaço para dar ideias e empreender.

Somente um bom pacote de benefícios não garantem mais a permanência de bons profissionais em determinadas empresas.

Como podemos ver, as empresas precisam mudar seu mindset e investir em um RH 4.0, alinhado com seu negócio e principalmente investir em seu principal ativo que são os seus funcionários.


Leila Duarte
Founder da Novo Elo, Administradora, MBA em Gerenciamento de Projetos, Especialista Lean Six Sigma, Auditora 5S Lean Office, Consultora, Palestrante, Mentoring.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: carreira consultoria desenvolvimento estratégia gestão inovação investimento negócios partner planejamento recursos humanos RH RH 4.0 tecnologia treinamento