Mais comentada

Uma mulher visionária na Gestão em 1924

A pensadora de gestão mais visionária do século XX

Mary Parker Follett, foi a pensadora de gestão mais visionária do século XX, segundo Gary Hamel.

Nascida em Quincy, Massachusetts, em 1868, sua vida foi marcada pela Guerra Civil Americana e pela Grande Depressão.

Follett foi contemporânea de Frederick Winslow Taylor, mas suas idéias sobre gestão eram decididamente da era pós-industrial.

Algumas das afirmações descritas em Creative Experience, livro lançado em1924:

“A liderança não se define pelo exercício do poder, mas pela capacidade de aumentar a sensação de poder entre os que são liderados. O trabalho mais essencial do líder é criar mais líderes”.

“A tomada de decisão antagônica, por imposição, é debilitante para todos os interessados. Problemas controversos são mais bem resolvidos não pela imposição de um único ponto de vista em detrimento de todos os outros, mas esforçando-se para encontrar uma solução mais elevada, que integre as diversas perspectivas de todos os elementos pertinentes”.

“Uma grande empresa é uma coleção de comunidades locais. O crescimento individual e institucional é maximizado quando essas comunidades são autogerenciadas em grau máximo”.

Parece que o livro foi publicado nos dias atuais, não? 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: administração Frederick Winslow Taylor gestão Mary Parker Follett