Mais comentada

Quem é Sabrina Pasterski, a jovem de 24 anos que estão chamando de "novo Einstein"?

Pesquisas da jovem já foram citadas até pelo físico Stephen Hawking

Redação, Administradores.com,
Reprodução

"Eu sou apenas uma estudante. Tenho muito a aprender. Não mereço a atenção". É assim que a física formada em MIT Sabrina Gonzalez Pasterski, de 24 anos, se descreve em seu site Physicsgirl, sua única presença digital além de um canal no Youtube. Modesta, a jovem, que cursa doutorado em Física em Harvard, tem pouca idade, mas já é destaque na comunidade acadêmica e é apontada por muitos como "possivelmente o novo Einsten". Incluída com apenas 22 anos na lista da Forbes de "30 under 30", que elenca jovens com menos de 30 anos que estão em evidência em diversas áreas como empreendedorismo, tecnologia, mídia e ciência, sua declaração de que não merece atenção não é uma visão compartilhada pelo resto do mundo.

Quando tinha apenas 16 anos, Sabrina se tornou a pessoa mais jovem do mundo a fabricar e pilotar o seu próprio avião. Foram anos montando sua aeronave na garagem de casa, e o seu feito, registrado em vídeo, chamou a atenção de professores do Instituto Tecnológico de Massachusetts, que intercederam a favor da jovem quando descobriram que ela havia se inscrito na instituição para a graduação mas aguardava na lista de espera. Na faculdade, Sabrina terminou seu bacharelado em apenas três anos com a média perfeita de 5.0, a maior possível. Do MIT partiu para Harvard, para estudos de pós-graduação.

Em seus estudos, Sabrina desenvolve pesquisas sobre buraco negros, e "gravidade quântica", que busca uma compreensão maior sobre o fenômeno da gravidade no contexto da mecânica quântica. São temas complexos, e descobertas nessa área poderiam levar a mudanças drásticas na forma como compreendemos o universo, e é daí que surgem as comparações com o físico alemão Albert Einstein, que revolucionou a ciência com sua teoria da relatividade geral.

As pesquisas de Sabrina, embora ainda em estágios iniciais, já conquistaram respaldo e um de seus trabalhos foi citado por um dos cientistas mais respeitados da atualidade, o físico Stephen Hawking. No ano passado, Sabrina foi homenageada na premiação Young Women's Honors como destaque jovem na ciência e, na ocasião, as atrizes Mayim Bialik, de The Big Bang Theory, e Melissa Benoist, que interpreta a Supergirl, fizeram referência ao fato. Benoist introduziu a física com entusiasmo: "Ela é formada no MIT, e foi a primeira mulher em 20 anos a se formar como a melhor da turma. Ela está atualmente estudando para obter um PhD em Harvard e Stephen Hawking - sim, aquele Stephen Hawking - cita os artigos dela".

Enquanto segue no meio acadêmico, Sabrina já sabe que o mercado de trabalho está de portas abertas para ela. Jeff Bezos, fundador da Amazon e da empresa de astronáutica Blue Origin, afirmou que há uma disponível para a física quando ela quiser. Na universidade de Harvard, a "nova Einstein" tem uma bolsa para desenvolver suas pesquisas e liberdade do seu orientador para estudar o que quiser, como quiser. A independência e autonomia agradam a cientista. "É ótimo ter uma bolsa apenas para pensar. Eu tenho muito o que pensar", declarou.




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração