Como transformar os maiores problemas do mundo em grandes oportunidades

É sob essa premissa que os autores Peter H. Diamandis e Steven Kotler constroem o livro "Oportunidades exponenciais", lançado em 2016

Raiza Pacheco, www.administradores.com,
iStock

Há milhares de anos, apenas governantes ou grandes corporações tinham a capacidade de resolver problemas de grande escala. Hoje, a capacidade de encontrar soluções para tais desafios foi democratizada. Um indivíduo entusiasmado e empenhado tem acesso à tecnologia, às mentes e ao capital necessários para enfrentar qualquer demanda.

É sob essa premissa que os autores Peter H. Diamandis e Steven Kotler constroem o livro "Oportunidades exponenciais", lançado em 2016. Para os dois, os principais problemas do mundo são as maiores oportunidades de negócios, e esse é o caminho da riqueza.

"A melhor maneira de se tornar bilionário é solucionar um problema de 1 bilhão de pessoas", afirmam.

No livro, os autores dão dicas sobre como transformar os maiores problemas nas maiores oportunidades e causar impacto positivo no mundo:

1. Faça uso das tecnologias

Há 50 anos, quem precisava de um serviço de um supercomputador tinha que comprar um, e não apenas alugar um minuto dele na nuvem. Há 20 anos, ninguém imaginava que um algoritmo digital poderia ajudar "empresas com nomes engraçados", como Uber e Airbnb, a desmaterializar negócios do século XX. Há 10 anos, impressoras 3D faziam protótipos de plástico caros. E há sete anos a inteligência artificial era um caixa automático falante, e não um carro autônomo dirigindo na estrada.

Diamandis e Kotler explicam que, hoje, a tecnologia tem um "cenário radical", e que a grande sacada é saber usá-la. Não é necessário ter um grande conhecimento de uma determinada tecnologia e sim, com visão, ser capaz de perceber o poder que ela possui e criar uma empresa capaz de causar disrupções milionárias.

"Os empreendedores exponenciais de hoje têm à sua disposição poder mais que suficiente, como na famosa frase de Steve Jobs, para deixar sua marca no universo". Por isso, usando a tecnologia, "empresas bilionárias têm sido construídas mais rápido do que nunca, e indústrias trilionárias estão a caminho", afirmam os autores.

2. Tenha um mindset empreendedor

Para agir como um empreendedor exponencial, é preciso pensar como um. Uma das principais dicas que os autores dão é "para crescer, você precisa ser ousado". E essa ousadia é algo que vem do desejo de dirigir a própria vida, estender e expandir habilidades e preencher a vida com propósito.

Para ter um mindset empreendedor, Diamandis e Kotler recomendam três fatores essenciais: autonomia, maestria e propósito. Autonomia, afirmam, é o desejo de conduzir o próprio barco; maestria é a vontade de conduzi-lo bem; e propósito é a necessidade de que a jornada signifique algo. "Criar uma empresa com autonomia, maestria e propósito como valores-chave significa criar uma organização construída para a velocidade. E isso não é mais opcional. Em um mundo de mudanças cada vez mais rápidas, é um fundamento absoluto para qualquer empreendedor exponencial", explicam.

O livro dá exemplos: o Google explora a autonomia por toda a empresa com a política do tempo de 20% - engenheiros são encorajados a dedicar 20% de seu tempo a projetos próprios - e isso reflete na empresa com o aumento de motivação e produtividade dos funcionários. O CEO da Zappos, Tony Hsieh, "abalou o espaço de varejo" ao enfatizar a maestria, tornando central para sua filosofia corporativa a 'busca de crescimento e aprendizado', além de cunhar a famosa frase "O fracasso não é um distintivo de vergonha. É um rito de passagem". Na Tom Shoes, o CEO Blake Mycoskie "explorou o poder do propósito ao decidir doar um par de sapatos a uma criança no mundo em desenvolvimento para cada par vendido".

3. Aproveite o poder das multidões

Estudos preveem que na próxima década o tamanho da "multidão", ou seja, as pessoas conectada, deverá mais que dobrar, passando de aproximadamente 2 bilhões para 5 bilhões. Enquanto isso, as tecnologias de comunicação também tendem a crescer exponencialmente, e o que hoje é "conexão rarefeita" se transformará em banda larga. Dessa forma, é cada vez mais concreta a possibilidade de alcançar uma multidão hiperconectada, e é esse alcance que pode impulsionar seu negócio.

Com soluções de crowdsourcing, a colaboração coletiva, você pode aumentar de modo substancial a velocidade de seu negócio; projetar e utilizar competições de incentivo a fim de encontrar soluções revolucionárias; iniciar campanhas de crowdfunding aproveitando as dezenas de bilhões de dólares disponíveis e, ainda, construir comunidades exponenciais - "exércitos de indivíduos exponencialmente habilitados com disposição e capacidade de ajudar os empresários a realizar seus sonhos mais ousados". Segundo os autores, "tudo o que você precisa pode ser realizado por alguma plataforma acionada pela multidão".

Para conhecer mais a fundo todas as lições de Peter H. Diamandis e Steven Kotler, leia o livro "Oportunidades exponenciais", disponível na Amazon.