Licenciamento E-Fiscal: conquiste sua franquia trabalhando

Modelo da E-Fiscal permite que vendedores filiados trabalhem diretamente com as empresas, oferecendo um serviço de alta demanda

Publieditorial,
istock

Pioneira no mercado ao oferecer revisões tributárias a pequenas e médias empresas, a E-Fiscal, negócio especializado na prestação de serviços contábeis, tem despontado no país através da venda dos seus serviços por meio de representantes comerciais. Alcançando empreendimentos do segmento de bares, restaurantes, minimercados, farmácias e autopeças, a E-Fiscal é destinada para empresas do Simples Nacional que buscam uma melhor gestão de suas finanças e desejam otimizar seu fluxo de caixa.

Seu modelo permite que vendedores filiados trabalhem diretamente com as empresas, oferecendo um serviço de alta demanda e trazendo soluções econômicas, e não precisem lidar com os serviços propriamente de contabilidade. Desta forma, os vendedores podem focar esforços nos relacionamentos comerciais e na captação de novos clientes enquanto toda a responsabilidade de operacionalização fica com a E-Fiscal.

É um negócio ideal para quem tem perfil comercial e deseja atuar na área de vendas, com duas possibilidades de filiação: a franquia e o licenciamento. Na franquia, cujo investimento inicial pode variar entre 40 e 60 mil reais, o vendedor recebe honorários que correspondem a 35% do montante pago pelo cliente e desembolsa uma taxa de royalties mensal de 1.500 reais.

Para quem não possui o valor necessário para a abertura de uma franquia, há a possibilidade do licenciamento. Nessa modalidade, o vendedor passa por um programa de licenciamento e precisa apenas investir 700 reais em uma taxa única que é convertida em materiais de prospecção básicos e layouts de cartões de visita.

A principal diferença entre as duas formas de oferecer o serviço da E-Fiscal, é que o licenciado inicia o trabalho ganhando 15% de horários correspondentes ao montante pago pelo serviço e pode avançar para o nível intermediário conforme seus resultados, passando a ganhar 25%. E ainda há uma ótima notícia: de acordo com os resultados, os licenciados conseguem, em média, conquistar sua própria franquia com apenas 12 meses de trabalho.

Até o momento, o programa de licenciamento da E-Fiscal já tem mais de 100 licenciados em todo o Brasil. Para o licenciado Alvim Borges Júnior, de Goiás, a experiência com as vendas têm sido ótimas. Atuando com a E-Fiscal desde junho de 2017, Alvim conta que em poucos meses conseguiu avançar para o nível intermediário. "Fiz o treinamento em maio, comecei em junho e em dezembro consegui superar a faixa dos 15%, entrando na faixa dos 25%. Com todo o trabalho que eu fiz de captação de clientes, me parece que o resultado ainda virá neste ano".

Com soluções de fácil aceitação pelo mercado, a E-Fiscal dá ao vendedor ótimas oportunidades de prospecção de clientes. Quer saber mais sobre o negócio para ser um vendedor representante da E-Fiscal e conquistar sua própria franquia? Basta fazer o cadastro no site da E-Fiscal.