• Balduíno Nóbrega - Negócios -
    Com o advento da Globalização, as empresas tiveram que passar por grandes transformações. No entanto, a Liderança tem se transformado a passos lentos em algumas organizações.
  • Gian Del Sent - Empreendedorismo -
    Dizer que a liberdade de ter o seu próprio negócio é uma dádiva e sinônimo de “vida boa” beira a utopia. E se eu tivesse como dar um conselho a quem quer se aventurar nesta empreitada, eu diria: Prepare-se!
  • Édio Rosa - Cotidiano -
    A atual explosão de violência e medo na Flona Jamanxim levada a público agora com a morte violenta do Sgto. João Luis é apenas a “ponta do iceberg”, parece ser resultado de um longo período de 40 anos de omissão das autoridades públicas estaduais e federais na região de Novo Progresso,PA. Essa realidade foi deflagrada no meio da década de 70, quando o governo militar, com medo de perder a região Amazônica,usando o lema “integrar para não entregar” fez a abertura da Rodovia BR 163 e incentivava a ocupação. Se hoje o órgão federal IBAMA é o mais presente e atuante por aqui, naquela ocasião era o INCRA, que exigia que se derrubasse a floresta para ter direito a ocupar a área pretendida. E milhares de famílias ansiosas por um pedaço de terra, fora do seu alcance em outras regiões já colonizadas, chegavam todos os dias na região. A história local mostra que essa situação perdurou até o final dos anos 80. Já nos anos 90 a maioria das terras já tinha pseudo proprietários. Mas faltou ao governo a sua parte, consolidar a integração com documentos da terra. Sem documentos, a posse nos anos 90 custou milhares de vidas, pois com ausência do estado as ocupações em muitos casos precisavam ser defendidas na “base da cartucheira”. A situação agrária indefinida e a falta de presença do governo deu margem ao período de grilagem , conflitos de posse, divisas e mortes quase nunca punidas. Logo chegamos no início dos anos 2.000, região colonizada e o cenário de abandono por parte dos governos continua, as milhares de famílias colonizavam a região derrubando matas e formando pastagens e lavouras, conforme lhes foi autorizado e até exigido fazer. Mas de lá pra cá os interesses dos governos mudaram, grandes áreas da floresta virando cinza e depois pastagens, era preciso conter-nos. De uma década para outro os heróis que encararam os perigos e intempéries da Amazônia e integraram conforme pedido pelos seus então governantes viraram criminosos ambientais. O INCRA a partir dos anos 2000 saiu de cena como protagonista e virou coadjuvante , e o IBAMA virou a sigla mais conhecida de todos os moradores. E tudo indica que se não mudar os conceitos, assim como INCRA não cumpriu o papel de regulamentador fundiário, o IBAMA corre sério risco de não conseguir reprimir eficazmente o desmate. O governo criou leis, portarias, normativas, decretos e uma série de instrumentos para seus agentes usarem para punir o desmate ilegal. Ai o colono, que é chacoalhado no mesmo balaio de “desmatador especulativo” pergunta-se: ilegal porque? Porque o senhor num tem autorização nem título da sua área. Ora, de quem é a culpa pela falta dos títulos senão do mesmo governo que o exige. É o mesmo que pedir que volte quem você não deixou ir, ou que vá se você nem deixou vir. Situação ridícula!!
  • Klênia - Cotidiano -
    Um paralelo com o livro: Quem Mexeu no Meu Queijo e como pode ser libertador percorrer o labirinto em busca dos sonhos e objetivos.
  • Rodolpho Campos - Carreira -
    Descubra uma forma simples e eficaz para alcançar seus objetivos, superar medos, ultrapassar limites e ter disposição constante para atingir todas as suas metas 20 vezes mais rápido
  • Ana paula - Acadêmico -
    Diante da quantidade exorbitante de escândalos de corrupção, se fez necessário cada vez mais aumentar as formas de controle a fim de se evitar as ilegalidades. O controle interno vem como auxílio ao controle externo, sendo responsável por combater as irregularidades e ainda, se não o fizer o servidor público pode responder solidariamente pelo crime ou infração. Através dos princípios que norteiam o controle interno e pelas técnicas e procedimentos é possível aumentar o controle dos atos da administração pública, e mais ainda, torna-la mais eficiente, melhorando processos e procedimentos existentes. Os riscos do controle interno existem, como má-fé ou conluio, entretanto, mesmo sabendo da possibilidade do risco, os benefícios de se ter o controle aumentado, a fiscalização aumentada é muito melhor do que deixar a administração pública repleta de ilegalidades. O objetivo do artigo é analisar a função do controle interno e identificar princípios, técnicas e as limitações do controle interno. A metodologia utilizada no trabalho é a de pesquisa teórica. Assim, os resultados obtidos no trabalho foram de que o controle interno é essencial para uma gestão pública eficiente, mesmo com suas limitações, entretanto se a administração pública e o controle interno conseguirem trabalhar em prol de um mesmo objetivo a gestão pública tende ser cada vez mais eficiente.
  • João Martinho - Dinheiro -
    Existem varias formas de você poder ganhar dinheiro trabalhando exclusivamente com a internet sem precisar investir muito dinheiro para isso, e vou listar aqui para você como e onde você pode começar.
  • Ismael de Mendonça - Cotidiano -
    Quando seu discurso não condiz com sua conduta, seu ouvinte jamais acreditará em suas palavras. O tom do seu discurso terá a surdez como resultado. A Gestão Ambígua e seu dilema no contexto organizacional pode ser um fator determinante para o insucesso de sua organização.
  • Marcosuel sousa - Carreira -
    Os profissionais querem uma TROCA DE COMPROMETIMENTO, acho que a frase mais correta para os dias de hoje seria “A EMPRESA SE COMPROMETE COMIGO E EU ME COMPROMETO COM A EMPRESA!”.
  • Andrea Yasmin - Acadêmico -
    Ao fim do século XIX, dois engenheiros desenvolveram as duas abordagens que se tornariam indispensáveis na administração. O primeiro, foi o americano Frederick Winslow Taylor que desenvolveu o trabalho da racionalização do operário dentro da indústria, aumentando a eficiência no processo. Um pouco mais tarde, aperfeiçoando a teoria de seu precursor, o também engenheiro, o europeu Jules Henri Fayol, desenvolveu e acrescentou suas teorias coerentemente ao que o seu antecessor havia percebido. A duas escolas ainda que tenham certas vertentes opostas, se relacionam e se complementam.
  • Diego Roberto - Carreira -
    Gostaria de repassar um conteúdo sobre o mercado atual e suas oportunidades. Sabemos que o momento não está tão atrativo, todavia devemos entender e buscar mudanças com mais objetividade, para obter retorno profissional e novas oportunidades para sua carreira.
  • Rômulo Campos - Negócios -
    Figurinha carimbada no Planejamento Estratégico de qualquer corporação, a Análise SWOT ou Matriz SWOT agora é parte integrante do processo de Gestão da Qualidade na empresa. Isso ocorre porque a versão 2015 da norma ISO 9001, prevê de forma obrigatória a análise do contexto interno e externo no qual a corporação está inserida e nenhuma ferramenta é melhor para este tipo de tarefa que a SWOT.
  • Herica Ponsiana - Carreira -
    O que é o Coaching que tanto ouvimos falar? Saiba neste artigo o que é a metodologia, desmistificar os conceitos e ajudar a você entender de forma clara quais benefícios o processo pode trazer para sua vida e empresa.
  • Márcia Pereira - Negócios -
    Algumas empresas se interessam por esta concepção de trabalho, e acham importante que as equipes interajam e incorporem a inovação. Acontece que isso é uma forma de mudança na cultura organizacional, e mesmo sendo algo tão positivo, precisa de acompanhamento e adaptação para ser realmente incorporada.
  • Flávia Rabachim - Acadêmico -
    Taylor, mais conhecido como "Pai da Administração Científica".
  • Talita Lombardi - Negócios -
    Na entrevista falamos sobre o começo da empresa, as dificuldades de empreender em um país "estrangeiro", um pouco sobre a diferença de ser CEO e Presidente do Conselho (o que acabou acontecendo com o Brian), o que é ser um empreendedor Endeavor e muito mais
  • Eliane branco - Carreira -
    Pessoas que se esforçam buscando aprimoramento e exploram seu potencial têm grande probabilidade de se destacar
  • Yóris Linhares - Negócios -
    Avaliações de desempenho tem falhado constantemente em entregar para a organização o que prometem, e tanto gestores quanto trabalhadores estão insatisfeitos.
  • Caroline Prósper - Carreira -
    Empreendedorismo - Projeto - Prática - Realização
  • Marcella Meira - Acadêmico -
    O gerenciamento dos riscos nas empresas está se tornando cada vez mais importante para alcançar o sucesso organizacional, pois a empresa que não gerencia seus riscos tem grande chance de ir ao fracasso.Com o gerenciamento é possível identificar a probabilidade e o impacto que serão causados sobre o projeto, podendo assim se planejar para saná-los visando a eficácia do projeto.
1-20 de 66187

Administradores Premium

Últimos Workshops


Revista Administradores

Revista Administradores

Por que fazemos ou deixamos de fazer?

Da motivação vem a produtividade, que cria riqueza, movimenta a economia e melhora o padrão de vida das pessoas. Mas por que é tão difícil mantê-la?


Seja um Administrador Premium e
Tenha acesso a todos esses benfícios.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração