A nova roupagem para a carreira profissional

Em tempos de mudança, a carreira profissional ganha novos contornos e significados. Conhecer esta nova realidade pode ser a chave para criar um futuro promissor.

Uma rápida pesquisa ao dicionário descreve o significado básico para carreira: caminho a ser trilhado profissionalmente, associado ao significado de "ocupação" ou "profissão". Nessa perspectiva, costuma ter seu entendimento ligado a sucesso e ascensão social, como consequência de um contexto estável no qual as organizações, com vários níveis hierárquicos, traduziam o sucesso para seus empregados por meio de ascensão hierárquica. Esta visão se modifica, no entanto, quando nos dias atuais, toma forma a chamada carreira horizontalizada ou em forma de espiral, em virtude da maior qualificação profissional e desenvolvimento de competências.

Definir carreira não é tão complexo, porém, qual o melhor conceito para o termo carreira profissional? Ele é diferente ou similar ao termo genérico? Se existe diferença, qual seria?
Estas questões rondam a cabeça de quem trabalha no mundo corporativo atual.
Basicamente, uma carreira profissional é a trajetória percorrida desde o primeiro emprego relacionado à determinada área até o momento atual. Esta é a visão simplista por que em um sentido mais amplo, a carreira profissional não envolve apenas uma área especifica. Não é o fato de você ter escolhido a profissão X ou a universidade Y que diz que você agora é um Médico, Engenheiro, Advogado, Psicólogo, Jornalista ou Professor, por exemplo.

Anteriormente a carreira profissional era intimamente ligada ao cargo que você exercia e o tempo de carteira. A métrica para definir tudo era a base do tempo e das promoções que iam acumulando-se nas empresas em que trabalhava.
Atualmente, a carreira profissional esta mais ligada ao seu comportamento, aos seus conhecimentos acumulados, as experiências que teve e as pessoas que conheceu no caminho. É uma questão que envolve conhecimento adquirido, a maturidade profissional e psicológica e sua rede de relacionamentos.

É importante desenvolver sistematicamente sua formação como uma aprendizagem contínua.
Algumas dicas rápidas para ter uma carreira profissional relevante:
1-Busque conhecimento em todos os lugares
O conhecimento está presente em toda nossa realidade hoje. É perfeitamente possível aprender muito na Internet, fazendo uso de sites especializados, vídeos no Youtube, cursos à distancia em diversas instituições de ensino, blogs, fóruns, chats e plataformas de ensino virtual. E sempre utilize a tradicional,porém, imbatível fonte dos livros, onde o conhecimento acumulado em todas as áreas de conhecimento humano está disponível, inclusive, em formatos digitais.

2- Desenvolva seu saber fazer
Saber fazer está ligado ao processo das habilidades.É sua experiência, em colocar em prática, o que aprendeu na teoria.Nesse caso experiência não tem absolutamente nenhuma relação com quantos dias ou meses você ficou em determinado cargo ou função, e sim no que você aprendeu efetivamente com o tempo que passou nele. É sua experiência vivenciada e não somente a mania que muitos profissionais têm de aprender algo de uma maneira e repetir ad eternum, este “jeito” de fazer. Isto se chama repetição e não experiência. Entendeu?

3- Tenha uma rede de relacionamentos real e saudável
O chamado Networking é muito influenciado pelas suas atitudes que tomamos. Uma boa rede de relacionamentos desenvolvida de modo crível e com relacionamentos duradouros e verdadeiros é um tesouro inestimável para todos. Um dos segredos é ter atitude As atitudes na verdade acabam influenciando tudo em sua carreira. Se você tem atitudes positivas, proativas e, busca relacionamentos que vão além do mero interesse vai ganhar muito.E por fim, se as suas atitudes forem sempre direcionadas para a criação de coisas positivas e relacionamentos saudáveis, você vai formar um Networking muito mais poderoso e sustentável.

O mundo mudou. As competências são âncoras das carreiras profissionais eficazes.
Analise o panorama do mundo corporativo: Hoje é natural ver um engenheiro que trabalha em bancos, museus, organizações públicas, como gestor. Um pedagogo que trabalha no RH ou em uma ONG, realizando treinamentos e planejamento. Um médico que se torna gestor ou um advogado que leciona em instituições de ensino e ministra palestras ao invés de ir para os tribunais. É possível encontrar um biólogo como o responsável pelo planejamento estratégico em uma multinacional. Um professor de Educação Física que abre uma rede de franquias.Nesta nova realidade o trabalho ganha novos significados, com amplas perspectivas de inserção nos mais diversos tipos de realidades.

A carreira profissional na atualidade, não é uma questão de escolher uma profissão e caminhar nesta direção o tempo todo; é uma questão de navegar no mundo global, tendo como norte o link incessante com informações, pessoas, organizações e experiências.

Jorge Luiz Conde é Professor Universitário e Consultor Organizacional.

Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: carreira conhecimento habilidades planejamento

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração