Conquiste seu dia com pequenas missões

Se você conseguir concluir pequenas missões todos os dias, verá resultados fantásticos

iStockphoto

Admita, você não tem sido muito produtivo ultimamente.

Você tem assistido a vídeos demais, navegando pela sua rede social favorita, não se exercita... você está cometendo alguns deslizes.

Eu tenho a solução para isso: pequenas missões.

Veja como funciona:

  1. Crie pequenas missões para serem cumpridas ao longo do dia. Por exemplo, eu faço da seguinte maneira: 1) Escrever um post para o Zen Habits, 2) Malhar; 3) Gravar um vídeo para o curso Sea Change Simplify Your Life. Idealmente, essas missões não duram mais do que 15 minutos, mas podem chegar a 20 ou 30 minutos, se você sentir disposição suficiente.
  2. Escolha uma missão e se prepare. Levante-se, alongue, mexa seu corpo, prepare a mente para concluir a missão. Coloque uma música de fundo. Limpe a área de trabalho do seu computador. Mergulhe fundo.
  3. Permaneça focado e faça acontecer.
  4. Recompense-se quando concluir cada missão. Erga seus punhos após a vitória e se permita um prêmio. Por exemplo: você pode ir navegar na sua rede social favorita, assistir a um vídeo no Youtube ou comer um desejado bicoito após o treino.

Você pode repetir esse processo várias vezes ao dia, em média cinco vezes. Se você conseguir cumprir cinco pequenas missões em um dia, permita-se uma recompensa extra.

Se ajudar fale com alguém sobre sua próxima missão, peça para que ela se corresponsabilize.

Mas mesmo sem essa ajuda, você pode focar sua mente em uma missão por vez. Por que isso funciona? Porque você está ajustando uma meta alcançável e que, ao mesmo tempo, é importante para você. Além disso, está garantindo motivação por 10 ou 20 minutos. É algo realizável. E você se diverte com isso como se estivesse jogando, não labutando. Jogar é uma ótima maneira de concluir as coisas.

Se você conseguir concluir pequenas missões todos os dias, verá resultados fantásticos.

Pronto, terminei essa pequena missão. Vou comer um biscoito.


O artigo foi publicado originalmente no blog do autor e cedido gentilmente ao Administradores.com

Avalie este artigo:
(2)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração