Mais comentada

O analfabetismo funcional e suas consequências

INAF, um indicador pouco conhecido e que pode ser a causa de diversos problemas para o brasileiro

Sydney de Oliveira,

Um em cada quatro brasileiros é plenamente alfabetizados! E os outros 3? Bom, antes da matemática, um pouco de português.

O Indicador de Alfabetismo Funcional, Inaf, medido pelo Instituto Paulo Montenegro, pesquisa a capacidade de leitura, escrita e cálculo e aponta o nível de "alfabetismo funcional" da população entre 15 e 64 anos. O inaf separa a população em quatro níveis de alfabetização: analfabeto, rudimentar, básico e pleno.

Quando foi criado, em 2001, apontava que 12% da população era analfabeta e 26% plenamente alfabetizada. Dois terços da população se revezava entre os alfabetizados em nível rudimentar e básico. Pouco mais de uma década depois, os resultados da pesquisa mostram que o percentual de analfabetos caiu para a metade mas o de plenamente alfabetizados continua no mesmo patamar.

Agora os números!

  • Analfabetos: mais de 11.500.000;
  • Rudimentar: mais de 40.500.000;
  • Básico: mais de 90.700.000;
  • Pleno: menos de 50.200.00.

Surpreendentes 68% da população não têm condições plenas de ler uma matéria no jornal e formular uma ideia concisa sobre o assunto. No tocante aos cálculos um efeito prático surge no endividamento do brasileiro que atingiu recentemente nível recorde.

Alguém, um dia, citou que a maior dificuldade para o aculturamento do brasileiro é o clima. Com "clima" de verão o ano inteiro, fica difícil não ir para o barzinho com os amigos, ao final do expediente. Nos países do hemisfério norte temos a mesma relação. Pode ser que seja coerente esta afirmação, mas para termos certeza, melhor aguardar a criação de um indicador apropriado.

Se você teve dificuldades para ver que o número de brasileiros em condições de alfabetização rudimentar é de "mais de quarenta milhões e meio", então, pelo indicador, é neste grupo que você está enquadrado.


Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: cotidiano educação educacionismo