Mais comentada

O papel do administrador

O administrador é elemento fundamental para o sucesso das organizações.

Carlos Rafael,

 

Na atualidade, a Administração se releva como campo repleto de complexidades e desafios, onde cabe ao administrador estabelecer metas cruciais ao sucesso do negócio. No desempenho das suas atividades, o administrador define estratégias, efetua diagnósticos de situações, dimensiona recursos, planeja sua aplicação, resolve problemas, gera inovação e competitividade (CHIAVENATO, 2003).

 

Mediante o planejamento bem apurado das estratégias a serem adotadas pela empresa, incluindo a missão, valores do negócio, organização de toda a estrutura para a execução dos procedimentos, direção e mobilização dos talentos da empresa, para a concretização das metas pré-estabelecidas, visando o alcance dos resultados e o controle e verificação de todo o processo, o administrador da atualidade consegue levar o empreendimento ao caminho do sucesso.

O administrador, através das suas habilidades técnicas, humanas e conceituais, deve ter a capacidade de interagir com todas as áreas da empresa, pois a harmonia entre os setores é também preponderante ao desenvolvimento do negócio.

Outro fator característico é a habilidade do gestor/líder/administrador em estabelecer as diretrizes do negócio condizentes com as necessidades do mercado, pois, o consumidor está cada vez mais exigente quanto a prestação de serviços e produtos de qualidade.

Além dos métodos supracitados, o negócio deve estar relacionado à sustentabilidade, pois, os empreendimentos voltados à conservação e otimização dos recursos naturais disponíveis, que não impactem no meio ambiente, obedecendo normais governamentais, bem como produtos voltados à economia verde e a responsabilidade social, tendem a ser mais prósperos e aceitos pela sociedade, . Este modelo de gestão é a tendência das empresas contemporâneas.

Sobre o tema, o administrador do século XXI deve ter ciência de que a conservação e preservação do planeta são importantes. Sobre o tema, o site da CNI (Confederação Nacional da Indústria), diz:

Inovação e sustentabilidade devem caminhar em paralelo, defende a diretora de Relações Institucionais da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Mônica Messenberg. (...) Messenberg disse que a criação de um ambiente propício ao crescimento empresarial é fundamental para o desenvolvimento de uma economia com práticas e metas voltadas para o uso mais eficiente do meio ambiente. (...) Um país em desenvolvimento não pode abrir mão, neste momento, da questão social e de emprego. O setor industrial brasileiro enxerga a questão ambiental não como problema ou restrição, mas como oportunidade. (...) Além de conferir sustentabilidade às empresas na transição para uma economia verde, a inovação pode ser decisiva para alcançar metas de mitigação ambiental. (Site da CNI, 16/04/2012).

Portando, o administrador da atualidade deve atuar de maneira a atender às necessidades internas dos seus colaboradores (talentos), por intermédio da gestão eficiente bem como do mercado, visando sempre a otimização dos recursos do negócio, dos recursos disponíveis da natureza, além de agir com responsabilidade social, essencial para o desenvolvimento do país.

REFERÊNCIAS

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. 7. ed. Ver. E atual.- Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

Confederação Nacional da Indústria. Economia verde é oportunidade para a indústria. Disponível em: http://procompi.cni.org.br/portal/main.jsp?lumPageId=8A9015D0216AAFB501218859233E1E64&lumI=servicocorporativo.agenciaindustria.detAgenciaIndustria&lumItemId=FF80808136AD1AB60136BCFF0885068C&itemId=FF80808136AD1AB60136BCFF08460686. Acesso em 27/04/2012.

Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: administrador líder motivação organizações