10 razões para a pequena empresa adotar um sistema de gestão

Antes de tudo é preciso lembrar que os sistemas de gestão, por si só, não resolvem todos os problemas das empresas.

iStock

Os sistemas de gestão, ou ERPs, são fundamentais para a sustentabilidade dos negócios a médio e longo prazo, em um mercado cada dia mais competitivo. O acesso às informações confiáveis é o que vai garantir as melhores tomadas de decisão das pequenas empresas. 

Veja a seguir dez razões para uma pequena empresa adotar um sistema de gestão: 

1 - Antes de tudo é preciso lembrar que os sistemas de gestão, por si só, não resolvem todos os problemas das empresas. Eles devem, necessariamente, ser acompanhados de uma mudança cultural e da adoção das melhores práticas do mercado, bem como da busca pelo conhecimento básico dos conceitos de gestão que são inerentes ao negócio de cada empresa.

2 - Dito isto, um dos principais motivos para as pequenas empresas adotarem um sistema ERP é manter sua vantagem competitiva. Para tanto, é necessário modernizar, deixar de lado processos manuais, que aumentam os riscos de erro, e adotar uma cultura baseada na alta performance.

3 - A falta de agilidade e velocidade de informação e a falta de dados confiáveis na retaguarda podem engessar os negócios. Pequenas empresas crescem a partir da demanda dos clientes e elas precisam estar preparadas para atendê-los sem atrasos, com o risco de perderem bons negócios.

4 - Soluções de gestão são amplas em funcionalidades que centralizam as informações de todos os processos da empresa, dos diferentes departamentos, e até mesmo das diferentes filiais, em um único banco de dados, permitindo com que o gestor visualize os resultados consolidados e individuais para uma gestão unificada. 

5 - Por centralizar as informações em um único sistema, é possível manter o controle dos pedidos de compras e vendas com mais segurança e imprimir maior agilidade na coordenação de estoque, produção, transporte, quando for o caso.

6 - Com a integração das informações financeiras o gestor pode acompanhar o desempenho geral da empresa, visualizando quanto o negócio contribuiu para as receitas e quanto consumiu dos recursos da empresa por tipo de conta.

7- Outro grande motivo para implantar um sistema ERP é eliminação dos custos da mão de obra operacional gasta ao digitar a mesma informação em dois ou mais lugares e do retrabalho devido a erros causados por falha humana ou atraso no acesso às informações. 

8 - Além disso, os sistemas contam com recursos e funções utilizadas por qualquer negócio, como controle financeiro e qualidade, entre outros. As interfaces dos sistemas estão cada vez mais fáceis de utilizar e mais intuitivas, além de possibilitarem customizações para demandas específicas de cada empresa.

9 - Os melhores sistemas já estão projetados para operarem na nuvem, acessíveis de qualquer lugar ou dispositivo conectado com a internet. Além disso, alguns são oferecidos no modelo SaaS, em que

sua utilização é paga pelo uso de um serviço, geralmente por meio de uma assinatura mensal que inclui operações básicas de tecnologia como backup, segurança da informação e upgrades. 

10 - Por último, é preciso considerar que os gastos com a solução se justificam a partir de uma estratégia de crescimento cujo objetivo é trabalhar de forma mais produtiva e eficaz possibilitando uma atuação mais assertiva no mercado. A solução ERP trará retorno tanto com relação ao tempo como nos custos gerais do negócio, tendendo a aumentar o lucro do empreendimento.

*Fábio Túlio Felippe é diretor presidente da Jiva Gestão Empresarial.

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(3)