Frases de Peter Drucker para o seu dia-a-dia empresarial

O austríaco Peter Drucker (naturalizado norte-americano) foi o maior guru de administração do século XX. Eis uma pequena relação de suas idéias e afirmações que eu selecionei para o leitor, que poderão ser-lhe muito úteis.

Ernesto Artur,
FRASES DE PETER DRUCKER ( Compilado por Ernesto Berg)

O austríaco Peter Drucker (naturalizado norte-americano) foi o maior guru de administração do século XX. Nasceu em 1909 e faleceu em 2005. Foi autor de mais de vinte livros, e como consultor e professor da New York University, teve influência decisiva nos destinos da administração mundial, através de idéias modernas, arrojadas e sempre inovadoras. Eis uma pequena relação de suas idéias e afirmações que eu selecionei para o público leitor deste site.

-Aqui estou eu com 58 anos de idade, e não sei o que vou fazer quando crescer.

Frase pronunciada em 1967, querendo aludir que o aprendizado para ele jamais cessa, não importa a idade.

-Nenhuma empresa é melhor do que o seu administrador permite.

-Resultados e recursos existem fora da empresa, não dentro dela.

Aqui o autor quis aludir que os recursos fora da empresa são os clientes, os fornecedores, as tendências de mercado, os concorrentes, a comunidade em geral.

-Os resultados provêm do aproveitamento das oportunidades e não da solução dos problemas. A solução de problemas só restaura a normalidade. As oportunidades significam explorar novos caminhos.

-Para atingir resultados econômicos, concentre-se em poucas áreas – as oportunidades decisivas – evitando o desperdício de energia e de recursos

-Uma organização que visa o lucro é, não apenas falsa, mas também irrelevante. O lucro não é a causa da empresa, mas sua validação. Se quisermos saber o que é uma empresa, devemos partir de sua finalidade, que será encontrada fora da própria empresa. Essa finalidade é: CRIAR UM CLIENTE

-Todas as inovações eficazes são surpreendentemente simples. Na verdade, maior elogio que uma inovação pode receber é haver quem diga: isto é óbvio. Por que não pensei nisso antes?

-O conhecimento era um bem privado, associado ao verbo SABER. Agora, é um bem público ligado ao verbo FAZER.

“Pode ser dito sem grande supersimplificação, que não há países subdesenvolvidos. Há apenas os subadministrados. (esta é uma de suas mais famosas frases)

-Existe o risco que você não pode jamais correr, e existe o risco que você não pode deixar de correr.

-De que adianta investir uma fortuna para trazer para o centro da cidade corpos pesando 80 quilos, se o que vocês querem são os cérebros deles, que pesam 3,8 quilos?

“Conquistar clientes “jogando os preços lá embaixo”, tem um efeito bumerangue: a própria empresa acabará sendo a vítima.

-A pesquisa de mercado só deve ser usada para pesquisar o que já está no mercado, não para o que se pretende lançar ou na busca de possíveis novos produtos. O cliente é conservador e só sabe opinar sobre o que já existe.

-Não é a empresa que define o mercado. É o cliente.”

-A inovação sempre significa um risco. Mas ir ao supermercado de carro para comprar pão também é arriscado. Qualquer atividade econômica é de alto risco e não inovar – isto é, preservar o passado – é muito mais arriscado do que construir o futuro.

“A melhor maneira de predizer o futuro é criá-lo. (esta é outra de suas mais famosas frases)

-As pessoas que não correm riscos geralmente cometem uns dois grandes erros por ano. As pessoas que correm riscos geralmente cometem uns dois grandes erros por ano.

-Sessenta por cento de todos os problemas administrativos resultam de ineficácia na comunicação

-O conhecimento não está vinculado a país algum. É transnacional, é portátil. Pode ser criado em qualquer lugar, de forma rápida e barata. Ele é, por definição, mutável.

-O planejamento não é uma tentativa de predizer o que vai acontecer. O planejamento é um instrumento para raciocinar agora, sobre que trabalhos e ações serão necessários hoje, para merecermos um futuro. O produto final do planejamento não é a informação: é sempre o trabalho.

-Decisões empresariais sempre comprometem os recursos do presente com as incertezas do futuro.

-Não se limite a se preparar para o amanhã. Procure também descartar-se daquilo que já não faz mais sentido, que não é produtivo, que não contribui para os objetivos.

-A revolução da informação representa um nítida transferência de poder de quem detém o capital para quem detém o conhecimento.

Peter Drucker.

Site oficial de Peter Drucker www.peter-drucker.com

Ernesto Berg.
ernestoberg@yahoo.com.br
www.quebrandobarreiras.com.br




Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.