4 dicas úteis para realizar apresentações em público de sucesso

Falar em público ainda te assombra? Veja ensinamentos rápidos sobre a arte da oratória

Redação , Administradores.com,
iStock

Falar em público é uma habilidade cada vez mais demandada e muito valorizada no ambiente profissional. É necessário se apresentar de forma eficiente, passar credibilidade e naturalidade.

Para prender a atenção da plateia, a professora de Comunicação e Liderança Vívian Rio Stella, da VRS Cursos, elaborou quatro dicas úteis.

1 - O início

No momento mais tenso da apresentação, o palestrante deve parecer confiante, crível e preparado. Então, para evitar as hesitações e certas frases de improviso que podem afetar negativamente a imagem de quem apresenta, recomenda-se planejar e treinar em voz alta o que vai ser dito na introdução da mensagem. É recomendável também saudar a plateia de forma cordial, apresentar-se brevemente e, fundamentalmente, explicitar o objetivo da mensagem (ex.: explicar conceitos; discutir os rumos do projeto; esclarecer as políticas da área), ressaltar a relevância do assunto para a plateia, a fim de ganhar sua atenção, e apresentar a agenda com os principais tópicos que serão tratados. Dessa maneira, a plateia terá, logo no começo, uma clara ideia do foco da mensagem e perceberá que o palestrante se preparou para apresentá-la.

2 - A conclusão

"É comum ouvir frases como 'era só isso', 'há mais slides, mas o tempo acabou' ou 'alguém tem alguma pergunta' como formas de concluir a mensagem, mas essas formulações apenas sinalizam o fim da apresentação. Concluir efetivamente requer verbalizar que vai concluir (exs.: para encerrar, para concluir, por fim), resumir os três principais tópicos já expostos e reforçar a mensagem principal da apresentação. Só então é que o palestrante deve abrir para perguntas e deixar seu contato. Dessa maneira, a plateia poderá lembrar-se, de forma consistente, os itens mais importantes apresentados pelo palestrante", diz Vívian.

3 - Usando o não-verbal

Segundo a professora, para passar credibilidade, o palestrante precisa posicionar-se de frente para a plateia, com o corpo reto (evite ombros caídos) e os pés ligeiramente separados (garante o equilíbrio corporal). É fundamental manter o contato visual com a plateia, gesticular, usando gestos compatíveis com a mensagem falada e na altura da cintura, e se movimentar de maneira estratégica, para despertar a atenção da plateia (só não se mexa em excesso, com balanços ou movimentos repetitivos). "Vale ressaltar que o mais importante é que o emissor da mensagem pareça natural, expressivo, dinâmico e seguro. Os elementos não verbais, portanto, devem ser usados como uma forma de refinamento do estilo e não de robotização para falar em público", completa ela..

4 - Despertando a atenção do público

Para conseguir a atenção, existem estratégias não verbais e verbais. "Olhar diretamente para as pessoas, aproximar-se ou movimentar-se, fazer pausas estratégicas, variar qualidades vocais, como intensidade e entonação", explica Vívian, "são as não-verbais". Entre as verbais, a especialista cita: exemplificar ou narrar um caso pertinente, estimular e solicitar a participação de todos com perguntas abertas e gerais, recapitular ou resumir informações, evocar o nome do receptor para dar um exemplo.

O fundamental é respeitar sempre a plateia. Caso o emissor não o faça, o mais impactado pelo eventual desrespeito será ele próprio. Por isso, diante do público, é preciso ser o mais polido e cortês possível.




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração