Como publicações em redes sociais impactam a carreira

O seu comportamento nas redes sociais pode influenciar diretamente a sua carreira, pois é cada vez mais frequente o uso do recrutamento eletrônico por profissionais de RH

Poliana Landin, Administradores.com,
Reprodução/Thinkstock
É melhor decidir pelo bom senso nas postagens e manter, assim, sob certo controle a imagem profissional que queremos transmitir

Recentemente, alguns casos têm ganhado destaque nas discussões sobre o correto posicionamento que devemos ter nas mídias sociais. O primeiro foi de uma menina que postou em sua página do Twitter a seguinte frase: "Eduardo Campos: sua vice é a Marina. Já pensou se você morre?". O Comentário foi postado na segunda-feira, dia 11/08, véspera da morte do presidenciável.

A infeliz coincidência trouxe repercussões negativas para a garota. Esse tuíte já foi compartilhado mais de cinco mil vezes, acompanhado por inúmeras hostilizações. Além da primeira colocação que já não foi muito adequada, a garota ainda aproveita a situação para brincar: "Eu nem sabia que tinha tanto poder, mas acho que vou fazer uma listinha”, tornando ainda mais polêmica sua colocação e causando ainda mais indignação nas pessoas.

Outro caso foi de pessoas fazendo uma selfie durante o velório do Eduardo Campos.

Tal fato foi visto como falta de respeito e de bom senso, novamente ocasionando ataques às pessoas que tiveram essa atitude. 

O assunto morte, por si, já gera certo desconforto. Brincar ou aproveitar-se desse momento para se promover, pode ser visto como inadequado, sendo prejudicial à imagem pessoal. Além do mais, por ter valores e princípios envolvidos, as postagens relacionadas ao tema estão mais propícias a mexer com o emocional das pessoas.

Os dois casos nos remetem à reflexão sobre as nossas colocações nas mídias sociais, o impacto que isso pode trazer para nossa imagem pessoal e, consequentemente, à nossa carreira.

A forma como uma pessoa se porta nas redes sociais pode influenciar diretamente em sua carreira. É cada vez mais crescente o e-recruitment (recrutamento eletrônico), que além de ser utilizado para a divulgação de vagas, auxilia profissionais de RH no processo de escolha do melhor candidato. Avaliar as postagens (que são públicas) nas redes sociais tem se tornado cada vez mais comum, sendo um forte aliado do recrutador. Dessa forma consegue-se avaliar (direta ou indiretamente) quais são os valores expressados pelo candidato e a adequação dos mesmos com a empresa ou cargo em questão. Isso deve ser levado em consideração por candidatos que buscam um novo trabalho ou por aqueles que esperam uma promoção.

Quando pensamos em gestão de carreira, pensamos em algo que está sendo gerenciado, ou seja, planejado, cuidado, controlado. Assim, as ações precisam ser pensadas para que as reações também estejam sob controle.

Para gerenciar o impacto das colocações feitas em redes sociais sobre a carreira uma dica é sempre pensar em quem estará lendo suas postagens e refletir como aquela informação será interpretada pelas pessoas com as quais me relaciono. Manter o controle e buscar postar assuntos relevantes pode manter as reações (aceitação) dentro do que se é esperado e desejado para a postagem.

É sempre bom lembrar que nossa ação gera uma reação. É melhor decidir pelo bom senso nas postagens e manter, assim, sob certo controle a imagem profissional que queremos transmitir.

Poliana Landin é professora e coordenadora do curso de pós-graduação Avaliação Psicológica do IPOG.

 




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração