|
|
|

Pós-Graduação e a sua influência nos concursos públicos

De seu papel no preparo do profissional à influência no acirrado processo seletivo de um concurso público, a pós-graduação é um investimento essencial para quem deseja ingressar na carreira pública

Publieditorial, PÓS ADM FGV,
iStock

Em um mercado de trabalho cada vez mais concorrido e tempos de recessão econômica, muitos profissionais apostam no serviço público como meio de crescer profissionalmente e de garantir um emprego estável e bem remunerado. Entretanto, assim como no âmbito privado, é preciso que o profissional tenha boas qualificações e invista em maneiras de sair na frente de sua concorrência. Nesse contexto, uma pós-graduação faz toda a diferença. De seu papel no preparo do profissional à influência no acirrado processo seletivo de um concurso público, a pós-graduação é um investimento essencial para quem deseja ingressar na carreira pública. Confira os motivos:

1. Preparo
Concursos não competições e, para participar e garantir chances de êxito, é preciso estar preparado. Com provas que englobam conteúdos de diversas áreas e exigem conhecimentos específicos, os concursos requerem do candidato uma bagagem de aprendizado que nem sempre a graduação é capaz de oferecer. Com os estudos de uma pós-graduação, o candidato se torna mais preparado para enfrentar os estudos e sair bem em provas em que o acerto de uma questão a mais do que a concorrência pode significar a aprovação.

2. Currículo
Além de preparar o candidato, a pós-graduação pode ser uma aliada na obtenção de pontos. Segundo a resolução número 75 do Conselho Nacional de Justiça, a especialização pode ser usada na avaliação de títulos no currículo e render mais pontos para o candidato. Em casos de processos concorridos e com poucas vagas, como concursos da Câmara dos Deputados, Senado Federal e Petrobrás, por exemplo, os pontos fazem muita diferença na classificação e ainda são usados como critério de desempate.

3. Pré-requisito
Em certas posições do serviço público, como cargos de chefia que implicam em grandes responsabilidades e pedem uma expertise maior do candidato, a pós-graduação deixa de ser apenas um diferencial e passa a ser um pré-requisito. Para quem deseja conquistar essas posições, é essencial investir em uma pós-graduação que se enquadre nas exigências feitas no edital do concurso e que garantam uma bom resultado em sua formação profissional.

4. Remuneração
Em alguns cargos públicos, assim como dão o diferencial na classificação, ao render pontos ao candidato, títulos de especialização desempenham também um papel em sua remuneração. Em carreiras ligadas ao estado e ao governo, a pós-graduação pode significar um aumento no salário, que é um dos principais fatores que levam os profissionais a buscarem a carreira pública. Dessa forma, mais uma vez, a pós-graduação é um importante diferencial.

Deseja investir em sua educação e formação e fazer uma pós-graduação? Não deixe de conhecer o PÓS ADM DA FGV.




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração