Qualidade ao invés de quantidade: entenda porque empregadores preferem currículos direcionados

O que pode ajudá-lo a se destacar da multidão: aqui estão quatro passos para ajudá-lo a tornar seus currículos mais direcionados

Paul Wolfe, Administradores.com,
iStock

Todos nós sabemos que procurar emprego pode ser frustrante e que enviar currículos é só o começo de um processo que inclui muita espera. E ainda assim, talvez você nunca receba uma resposta.

Neste cenário tão familiar, muitas pessoas podem perguntar o que aconteceu com o seu currículo. Um ser humano sequer o viu ou ele foi perdido em algum processo mecânico?

O curioso caso do robô que envia currículos

Recentemente, eu li um artigo interessante escrito pelo diretor de uma organização nacional sem fins lucrativos que estava buscando um novo desafio. Ele se candidatou a diversas vagas de trabalho em empresas de tecnologia bem conhecidas, mas em pouco tempo começou a suspeitar que robôs, também conhecidos como “sistemas de rastreamento de currículos”, estavam “lendo” a maioria dos seus currículos.

Ele ficou tão frustrado pelos longos períodos de silêncio e a falta de uma resposta humana que decidiu tomar uma atitude radical: projetar seu próprio robô.

O “engenhoso mecanismo de rastreamento, planilhas e scripts” incluiu informações de contato dos gerentes de contratação e, em seguida, enviou um e-mail personalizado com um currículo e uma carta de apresentação pessoal para os gerentes de contratação.

Ele também rastreou quantas vezes a sua carta de apresentação, currículo e perfil em rede social foram vistos, bem como as respostas dos empregadores. No total, o robô se candidatou a mais de 500 empregos em um período de três meses.

O que nos leva a uma grande pergunta: o incrível robô para se candidatar a emprego funcionou? A resposta, infelizmente, é não.

Resista ao impulso de bombardear os recrutadores com currículos

A verdade é que no nível executivo, as recomendações desempenham um grande papel na hora das contratações. Mas em qualquer nível, “pulverizar e rezar” provavelmente não funcionará.

É fácil compreender porque os candidatos pensam que devem se candidatar a tantos empregos para maximizar as suas chances de conseguir uma entrevista.

No entanto, se você analisar o lado do recrutador que está sobrecarregado com currículos para analisar diariamente, fica fácil entender porque isso não funciona.

De fato, os dados do Indeed demonstram que as pessoas com o maior número de currículos enviados são as menos propensas – 39% menos propensas - a receberem uma resposta positiva dos empregadores.

É muito mais eficiente escrever currículos direcionados e personalizados para as vagas de emprego nas quais você tem interesse. Uma vez que você tenha identificado o emprego desejado, o seu objetivo principal deve ser esclarecer para o empregador em potencial, porque você é a pessoa certa.

Quatro passos para ajudá-lo a conseguir o emprego

O que pode ajudá-lo a se destacar da multidão: aqui estão quatro passos para ajudá-lo a tornar seus currículos mais direcionados.

1. Seja honesto consigo mesmo – a coisa mais importante que você pode fazer para melhorar as suas chances é avaliar com cuidado cada emprego para o qual você está se candidatando a fim de assegurar que você esteja apto. Seja honesto consigo mesmo e pergunte: 1) Você é qualificado para o emprego? e 2) Você realmente deseja este emprego?

Aqui está o que um recrutador pensa quando ele ou ela recebe currículos para cada emprego na sua empresa: você nem sequer leu a descrição do emprego. Acredite em mim, não é uma boa impressão. Isto não significa que você não possa se candidatar a mais de um emprego de cada vez – apenas assegure que eles todos sejam empregos nos quais você tem interesse e seja qualificada para.

2. Analise e se candidate a cada emprego com cuidado – a qualidade é mais importante do que a quantidade, então se concentre em fazer algumas candidaturas de alta qualidade, lendo toda a descrição do trabalho, garantindo que você possa demonstrar as habilidades e qualificações necessárias, prestando muita atenção às instruções da vaga, lendo atentamente (e respondendo) todas as questões da vaga e, é claro, revisando a sua resposta antes de enviar o currículo.

3. Seja organizado – os candidatos a emprego que obtiveram sucesso, abordam a busca com disciplina. Da mesma forma que você estudaria para uma prova ou realizaria uma tarefa particularmente difícil no emprego, reserve tempo suficiente para realizar cada busca, um passo de cada vez. Organize a sua candidatura e acompanhe o status de cada vaga de emprego.

4. Mantenha um currículo limpo – tenha um currículo “limpo” à mão que você possa alterar para cada vaga de emprego. Por exemplo, adicionando detalhes relevantes ou enfatizando a experiência passada para se adequar a um emprego específico. Não comece com o último currículo que você criou para um emprego diferente – ter um currículo limpo tornará a candidatura a empregos mais conveniente, tornando assim o processo de se candidatar a um emprego mais tranquilo.

Esses passos podem não soar como alta tecnologia, como a criação de um robô para se candidatar a empregos, mas quanto mais direcionado e preciso você puder ser, melhor.

Paul WolfeVPS de Recursos Humanos da Indeed.