Como deixar de ser executivo e se tornar empreendedor?

É disso que fala Emerson Weslei Dias, consultor de carreira e autor do livro "O inédito viável"

Administradores.com, Conteúdo especial Administradores.com para meuSucesso.com,
iStock

Muitos profissionais dedicam a vida a conduzir, aprimorar e desenvolver dia a dia negócios, como executivos de grandes organizações. Em certo momento da carreira, vários deles se dão conta de que tudo que aprenderam e todo o esforço que dedicam àquelas companhias podem ser investidos em algo seu. E assim surgem os empreendedores que deixam carreiras executivas consolidadas para se arriscarem em seus sonhos.

É disso que fala Emerson Weslei Dias, consultor de carreira e autor do livro "O inédito viável". Hoje dono de uma das franquias de maior destaque do Brasil, o empresário fez, antes, uma longa carreira como executivo em grandes companhias.

Emerson elenca alguns pontos importantes que precisam ser considerados por quem pensa em deixar uma carreira de executivo e iniciar outra como empreendedor. Antes de tudo, ele faz uma breve conceituação sobre o que é Carreira, que define como "o tempo da vida em que a gente se dedica a algo que considera útil para a sociedade e sente prazer de fazer".

Levando em conta essa noção, ele afirma que, na mudança, devemos ser conduzidos pelo mesmo sentido: dar ao mundo nossas habilidades, satisfazendo nossos anseios e, ao mesmo tempo, as necessidades das outras pessoas.

Emerson destaca que toda carreira tem uma trajetória e é marcada por pontos, que podem ser de partida, de ajuste, de mudança etc. O especialista explica que é comum, por exemplo, desencantar-se com uma escolha e resolver mudar de profissão. Ou, em outro caso, resolver encarar um novo desafios depois de se aposentar.

Ao decidir ser empreendedor, é preciso encarar esse desafio como uma nova carreira, assumindo que ela pode ser demarcada por um ou todos esses pontos que citamos acima.

Aproveite suas ideias

A decisão de empreender, quando já se tem uma carreira executiva consolidada, geralmente acontece quando surge uma ideia. Muitos profissionais, no entanto, deixam várias boas ideias passarem despercebidas ao longo da vida. A diferença entre mudar e manter-se na mesma situação pode estar diretamente relacionada à capacidade de lidar com esses insights.

O Dr. Resolve foi a grande ideia que David Pinto soube aproveitar. A companhia hoje ostenta números extremamente expressivos: tem mais de 700 franquias e movimenta cerca de R$ 350 milhões por ano, em cinco países do mundo.

Motivação

Emerson ressalta ainda que, além de ter a grande ideia e saber aproveitá-la, é necessário ter motivação para empreender. É preciso se perguntar por que quer fazer aquilo e aonde quer chegar. A autorrealização pode ser o principal motor para tanto.

Na pirâmide das necessidades de Maslow, a realização pessoal está no topo e é tratada como o objetivo máximo a ser alcançado na vida, ficando atrás apenas da autotranscendência, que é quando - após realizar todos os objetivos pessoais - o indivíduo sente a necessidade de realizar as necessidades dos outros.


Administradores Premium

Últimos Workshops


Revista Administradores

Revista Administradores

Síndrome de burnout

No Brasil, cerca de 30% da população economicamente ativa sofre de uma síndrome que provoca dores, perda de memória e desmaios.


Seja um Administrador Premium e
Tenha acesso a todos esses benfícios.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração