6 ferramentas de Inbound Marketing essenciais para gerar oportunidades de negócios

A aplicação do inbound marketing é uma das melhores estratégias para empresas que desejam, não só ganhar novos clientes, mas também fidelizar o que já consomem seus produtos

Gustavo Paulillo, Administradores.com,
iStock

Atualmente a concepção de inbound marketing está transformando a maneira com que as empresas se relacionam com seus públicos e, consequente, sua relação de vendas. Segundo a Resultados Digitais, empresa referência o assunto, a melhor definição para este conceito pode ser qualquer tática de marketing que se baseia em conquistar o interesse do consumidor ou cliente por meio de conteúdo relevante e atrativo, ao invés de apenas “empurrar” produtos de massa.

Deixamos para trás a era de um canal unilateral de comunicação e entramos em um momento em que o consumidor deseja se sentir parte da marca que consome. Por isso, a aplicação do inbound marketing é uma das melhores estratégias para empresas que desejam, não só ganhar novos clientes, mas também fidelizar o que já consomem seus produtos. Porém, em tempos de alta tecnologia, dispositivos móveis e mudanças cada vez mais rápidas, pode ficar complicado saber quais meios utilizar para aplicar o inbound em sua empresa.

Pensando nisso, elenco aqui 6 dicas de ferramentas que podem te ajudar:

1- Blog: é a base central do inbound marketing. É nele que se concentra toda a estratégia de conteúdo da empresa. Por meio dessa ferramenta, a marca pode compartilhar conteúdos relevantes como artigos, infográficos, cases de sucesso, entre outros assuntos que chamam a atenção dos internautas e fazem com que eles cheguem até a empresa;

2- Redes sociais: canal de comunicação que permite uma maior interatividade com o público. É por meio dessa ferramenta que o blog terá uma maior visibilidade, além de ser um canal onde é possível captar leads com maior facilidade;

3- Landing pages: são grandes aliadas para promover conteúdos especiais, como e-books. Com essa ferramenta, é possível converter um simples internauta curioso em um potencial cliente;

4- CRM: ferramenta que concentra todas as informações relevantes do seu público em um único lugar. Identifica em qual nível do funil de vendas ele se encontra, além de ter a seu dispor listas de e-mail para potencializar estratégias com e-mail marketing ou follow up a qualquer momento, podendo acompanhar tudo em dispositivos móveis;

5- E-mail: Hoje em dia todo mundo usa o e-mail como um canal de comunicação. É com o e-mail marketing, por exemplo, que a empresa nutre seus leads com conteúdos especializados e direcionados, conduzindo-os pelo funil de vendas até que se tornem clientes efetivos;

6- Monitoramento: Essencial para que a empresa conheça o impacto das suas ações com seu público e possa otimizar cada vez mais suas campanhas para atrair e converter mais leads e mais clientes. Uma das empresas referência no setor é a Scup, ferramenta que coleta conversas realizadas nas redes sociais em tempo real, armazena informações e permite uma análise por meio de uma interface simples e intuitiva.

Em resumo, você pode aliar técnicas de inbound, com a geração de conteúdo e então, trabalhar o lead pelo funil de vendas. Depois de gerar oportunidades por meio dos materiais divulgados, faça contato com as pessoas que mais se interessaram e baixaram seus materiais, incluindo eles no funil de vendas e fazendo o acompanhamento com follow-ups até a conversão da venda.

Gustavo Paulillo - CEO do Agendor, app que ajuda milhares de equipes a organizar e aumentar as vendas diariamente. Com versões gratuitas e pagas, atualmente o Agendor atende a mais de 6 mil clientes e tem nas PME’s e startups o principal público-alvo.


Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração