Sete dicas para vender mais no Natal

Cada estabelecimento tem um público alvo diferente, por isso, faça a adaptação das sugestões para a sua loja

Vanderlei Kichel, Administradores.com,
iStock

O ano de 2017 voou e já é dezembro de novo, ou seja, é quase Natal. Para o varejo, a boa notícia é se trata de um mês potencial dobrar ou triplicar as vendas e, com o setor a todo vapor, essa é a hora de aproveitar para vender mais, levando em consideração com algumas dicas bem simples. Serei bem curto e objetivo. E, depois de ler, corra e coloque tudo em prática para garantir um natal surpreendente para a sua loja e seus clientes.

1. Atenda, entenda e surpreenda seu cliente: uma experiência de compra única é o que os seus clientes procuram e merecem. Use a criatividade e as habilidades de cada colaborador para construir um time campeão, bem-humorado e que queira fazer a diferença na vida das pessoas. Organize os processos de atendimento e finalização das compras nos caixas. Seu cliente pode demorar uma hora para escolher os presentes, mas na hora de pagar ele quer agilidade e isso fará toda a diferença na experiência de compra.

2. Use técnicas para despertar o desejo de compra: quanto mais atrativa for sua área de vendas, mais desejo de usar aquele calçado novo seu consumidor terá. Deixe a loja limpa, arrumada, bem iluminada, faça cartazes criativos com pitadas de humor. Evidencie produtos, crie um ambiente e vitrines que mecham com a emoção das pessoas. Afinal, estamos em clima de Natal.

3. Será que o seu consumidor precisa só de um calçado novo? Pergunte para o seu cliente se ele já comprou o presente de Natal para as pessoas do seu círculo social. Além disso, ele mesmo pode precisar de outros itens que não está levando, como uma bolsa nova, uma carteira, um par de meias e por aí vai.

4. Arrume a bagunça o mais rápido possível: pesquisas mostram que os itens mais vendidos dentro de uma loja, como a de calçados, são os que estão dispersos nos provadores. Por isso, não perca tempo. Terminou a venda? Leve os calçados de volta para as prateleiras e garanta que outros consumidores possam vê-los e compra-los.

5. Use a emoção em suas campanhas de Natal: campanhas que emocionam tem tudo a ver com o Natal. É tempo de reunir a família, os amigos e muitas vezes reencontrar pessoas que não vimos há muito tempo, bem como comprar os presentes para todas essas pessoas. Por isso, defina quais canais de comunicação irá utilizar e não esqueça de sempre atualizar sua equipe sobre as campanhas que estão sendo desenvolvidas. 

6. Se o cliente não pode ir até a loja, que tal a loja ir até ele? Uma pesquisa com alguns lojistas mostrou que a venda condicional pode aumentar o faturamento das vendas em até 30%. Se seu cliente não pode ir à loja comprar um calçado novo, é uma oportunidade para o seu negócio. Conheça bem o seu cliente e considere investir nesta dica. 

7. Capriche nos pacotes de presente: sabia que você pode marcar o Natal dos seus clientes com pequenos detalhes? Um pacote de presente feito com cuidado e carinho faz toda a diferença. Capriche no embrulho e use laços delicados. 

Cada estabelecimento tem um público alvo diferente, por isso, faça a adaptação das sugestões para a sua loja. O importante é gerar resultado. E, por último, mas não menos importante: converta seus consumidores! Se eles gostarem para valer da sua loja, vão lembrar sempre de você. Afinal, cliente surpreendido volta. Portanto, dê toda atenção de que ele precisa, lembre-se do aniversário dele, descubra do que ele gosta, ou seja, surpreenda-o. Feliz Natal e boas vendas! 

Vanderlei Kichel — CEO SetaDigital, software house especializada no varejo calçadista. Mais informações: https://www.setadigital.com.br/